Após quinta morte, SESP e empresas de aplicativos de transporte definem ações para prevenir ataques a motoristas

Em reunião a portas fechadas, representantes das empresas de aplicativos de transporte de passageiros pediram à Secretar..

Francielly Azevedo - CBN Curitiba - 18 de maio de 2018, 19:31

Em reunião a portas fechadas, representantes das empresas de aplicativos de transporte de passageiros pediram à Secretaria de Segurança Pública do Paraná mais segurança para poderem trabalhar com tranquilidade. Segundo Raul Montenegro, representante da empresa 99, o encontro definiu ações para acabar com o aumento de ataques aos motoristas.

“Todos esses incidentes que acontecem com motoristas, mesmo que não sejam motoristas que estejam trabalhando na nossa plataforma, a gente leva muito a sério. Por isso que a gente se reuniu com a Secretaria de Segurança Pública para pensar soluções para essa questão de Curitiba e questões para aproximar as autoridades de Curitiba das administrações dos sistemas, para o compartilhamento eficiente de informação”.

No domingo, dia 13, Valmir João Nichel, 59 anos, foi encontrado morto no Rio Iguaçu, em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. O carro dele foi encontrado incendiado no bairro Alto Boqueirão.

Uma das coisas que a gente combinou é a criação de um canal expresso de troca de informação, para que quando acontecer algum incidente, conseguir prover as informações e ajudar as autoridades no que eles precisarem para fazer a investigação daquele caso”, contou Montenegro,

Desde o início do ano, cinco mortes foram registradas em Curitiba e Região Metropolitana.