Bloqueio de verbas para universidades estaduais está perto de desfecho, diz governo

Jordana Martinez


 

O governador Beto Richa recebeu os reitores das sete universidades estaduais na noite desta terça-feira (6), no Palácio Iguaçu, em Curitiba, para discutir a inclusão das três instituições de ensino superior que ainda não aderiram ao programa que faz a gestão da folha de pagamento de todos os órgãos públicos vinculados ao Governo do Paraná.

Na semana passada, a Secretaria da Fazenda determinou o bloqueio de R$ 11 milhões em repasses às universidades estaduais de Londrina, Maringá e Cascavel que, até o momento, não iniciaram o repasse de informações para ingresso na plataforma.

“Avançamos na negociação para o fornecimento de informações por parte dessas instituições”, afirmou o governador. Segundo ele, ficou acertado que os reitores e o secretário de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, João Carlos Gomes, vão iniciar imediatamente a discussão sobre uma proposta para a implantação de um novo modelo de autonomia para as universidades estaduais.

Esse modelo deverá ser apresentado em até 90 dias e vai levar em conta outras experiências já em curso, como as das universidades de São Paulo, Goiás e Santa Catarina.

Paralelamente, as três universidades (UEL, UEM e Unioeste) devem reunir seus conselhos universitários para apresentar as propostas e iniciar a transmissão de informações solicitadas pela Comissão de Política Salarial do Governo do Estado.

Previous ArticleNext Article
Profissional multimídia com passagens pela Tv Band Curitiba, RPC, Rede Massa, RicTv, rádio CBNCuritiba e BandNewsCuritiba. Hoje é editora-chefe do Paraná Portal.
[post_explorer post_id="435964" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]