Após tornado, Itaperuçu decreta situação de emergência

Francielly Azevedo - CBN Curitiba


A cidade de Itaperuçu, na Região Metropolitana de Curitiba, decretou situação de emergência no fim da manhã desta terça-feira (4) após o tornado que atingiu o município na última sexta-feira (30).

O decreto foi encaminhado para o Governo do Estado para que seja homologado. De acordo com o boletim da Defesa Civil, quase duas mil pessoas foram afetadas. Destas, cerca de 100 pessoas precisaram deixar as suas casas por causa dos estragos causados.

A maioria conseguiu ir para casa de familiares, algumas ainda se encontram em abrigos públicos. Itaperuçu tem uma população de pouco mais de 27 mil habitantes. O tornado danificou mais de 400 casas e deixou 12 residências completamente destruídas.

Segundo o secretário de governo, Carlos Schesffel, muitas casas foram atingidas. “O município teve uma situação bastante grave, o desastre não foi suave, ele atingiu muitas residências. Para se ter uma ideia, as 426 unidades habitacionais do município foram afetadas, algumas parcialmente e dessas, 12 completamente destruídas. Praticamente 12 mil pessoas precisaram ser realojadas”, afirmou.

Dois adolescentes morreram soterrados após um muro desabar sobre eles com a força do vento. O vendaval causou estragos no único hospital da cidade, com isso, a equipe de atendimento da saúde trabalhou até a meia-noite desta segunda-feira (3) na Unidade de Saúde da Mulher fazendo atendimentos básicos.

“Três unidades de saúde e uma escola foram atingidas a ponto de afetar o andamento normal das aulas. O hospital afetado foi o único hospital particular do município. Espera-se que o atendimento volte ao normal até o próximo sábado”, explicou Carlos.

As emergências eram encaminhadas ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Desde ontem, o Provopar Estadual está recebendo as doações de Curitiba e cidades vizinhas para ajudar o município de Itaperuçu. São prioridades materiais de construção, móveis, colchões, materiais de higiene e limpeza e utensílios de casa.

As doações podem ser encaminhadas para a sede do Provopar na Rua Hermes Fontes, 315, no Batel, ou no Barracão do Provopar na Rua Sergipe, 1.712, na Vila Guaíra.

Previous ArticleNext Article