Em apreensão recorde, PRF prende caminhoneiro com 10 toneladas de maconha

Angelo Sfair

maconha, apreensão recorde, apreensão, caminhoneiro, preso, br-277, irati, paraná, prf, polícia rodoviária federal

Um caminhoneiro suspeito de tráfico de drogas foi preso em flagrante, neste domingo (30), em Irati, com 10 toneladas de maconha. Foi a maior apreensão de drogas da história na região centro-sul do Paraná.

De acordo com a PRF (Polícia Rodoviária Federal), a apreensão aconteceu na BR-277. O caminhoneiro informou que vinha da região de Ponta Porã (MS), na fronteira com o Paraguai.

Os agentes faziam uma fiscalização de rotina quando perceberam a ausência do disco do tacógrafo — equipamento responsável por registrar o histórico de velocidade dos caminhões. O equipamento é obrigatório.

Da mesma forma, faltavam um pneu e o estepe. Em uma busca mais minuciosa, os policiais perceberam que havia um material sólido sob uma camada superficial de milho. Eram diversos fardos de maconha.

O caminhão foi levado a um pátio da concessionária responsável pela BR-277, em Irati, onde a droga foi pesada. O conteúdo ilegal totalizou 10.387 kg. Pelo menos duas retroescavadeiras foram usadas para manusear os fardos:

O caminhoneiro suspeito de tráfico de drogas, de 44 anos, foi preso em flagrante e encaminhado à Polícia Civil de Irati. Ele afirmou desconhecer o conteúdo da carga.

Com as 10 toneladas apreendidas neste domingo, na BR-277, em Irati, a PRF acumula 106 toneladas de maconha apreendidas em 2020. O montante é quase duas vezes maior do que o total apreendido no ano passado (58 toneladas de maconha).

Previous ArticleNext Article