Athleticanos que agrediram pessoas em situação rua só serão indiciados no fim do mês

Angelo Sfair

demafe torcedores athleticanos identificados indiciados agressão morador de rua zona sul foto reprodução

Demafe (Delegacia Móvel de Atendimento ao Futebol e Eventos) identificou sete integrantes da torcida organizada Zona Sul envolvidos em agressões a pessoas em situação de rua. As cenas foram registradas em vídeo no dia 14 de julho. Nesta data, o Athletico Paranaense recebeu o Internacional. Mesmo identificados, os athleticanos só devem ser indiciados no fim do mês.

“O inquérito ainda deve demorar mais duas semanas para ser concluído”, alegou o delegado Clóvis Galvão, da chefe da divisão da Polícia Civil.

Segundo a Polícia, pelo menos cinco homens e os dois adolescentes participaram das agressões. Os adultos devem responder por tentativa de homicídio. As cenas foram gravadas na Avenida Sete de Setembro.

A torcida Zona Sul é formada por dissidentes de outra organizada do rubro-negro: Os Fanáticos. De acordo com a Demafe, os agredidos também eram athleticanos, mas entoavam cantos que remetiam ao grupo rival.

Duas das vítimas viviam em situação de rua. Se abrigavam em marquises da Sete de Setembro e costumavam atuar como ‘flanelinhas’ em dias de jogos. A terceira vítima não foi identificada pela Demafe.

“Todos têm passagens por promover tumulto, praticar ou incitar a violência, crimes previstos no Estatuto do Torcedor. Agora, devem ser indiciados pelo que prevê o Código Penal”, completou Galvão.

Previous ArticleNext Article