Autoridades comparecem a velório de deputado de Bernardo Ribas em Guarapuava

BandNews FM Curitiba


O corpo do deputado Bernardo Ribas Carli (PSDB) é velado na Prefeitura de Guarapuava, na região centro-sul do estado, desde o início da manhã desta segunda-feira (23). O sepultamento está marcado para as 16 horas de hoje, no Cemitério Municipal da cidade, onde vivem os familiares dele.

O político de 32 anos morreu ontem (22) de manhã em um acidente aéreo registrado no município de Paula Freitas, no sul do Paraná. Outras duas pessoas morreram no desastre: o piloto Laércio Tavares da Silva, 44 anos, e o copiloto Luis Fernando Correa de Souza, que não teve a idade divulgada.

A despedida conta com a presença de várias autoridades. A governadora Cida Borghetti (PP) conhecia o parlamentar desde a infância e também foi até lá para prestar homenagens.

“Que Deus o abrace neste momento e que ele encontre a luz e a paz. É muito forte este momento, eu conheço o Bernardo desde que ele nasceu”, afirmou.

(Foto: Narley Resende/BandNews FM Curitiba)

O corpo de Bernardo chegou à Prefeitura de Guarapuava pouco depois das 7 horas de hoje. Testemunhas em terra indicam que a aeronave onde ele e as outras duas vítimas estavam perdeu altura e começou a descer sobre os eucaliptos. Após colidir com as copas mais altas, o avião se fragmentou. Algumas pessoas relatam inclusive ter ouvido uma explosão no momento da queda.

“Bernardo Carli que prematuramente nos deixa cumprindo a missão, cumprindo o dever maior de atender as pessoas e visitar os municípios. Em um domingo de manhã quando as famílias estão reunidas, ele estava indo visitar as comunidades. Também quero abraçar cada família, do piloto e do co-piloto neste momento de perda”, afirmou.

O também deputado estadual Plauto Miró Guimarães (DEM) é tio de Bernardo e conversou com a BandNews sobre o acidente que matou o sobrinho. Foi ele o primeiro a confirmar os óbitos por causa do acidente.

“Muito triste um jovem participar de um acidente tão trágico quanto o que aconteceu ontem. […] A aeronave é de um amigo do Bernardo que cedeu para que ele pudesse cumprir esse trajeto como parlamentar”.

Ainda conforme o deputado, a informação é de que o bimotor do modelo Seneca prefixo PR-DMC estava em perfeitas condições para voar. Assim, a queda teria ocorrido por razões climáticas, e não falhas no motor da aeronave.

O prefeito de Guarapuava, Cesar Silvestri Filho, esteve com Bernardo no sábado (21) e lamenta profundamente tudo o que aconteceu. “Um dia antes da tragédia passamos juntos definindo estratégias, planos e olhando para o futuro. Abala muito um interrompimento tão precoce, um jovem que apesar da pouca idade atuava com muita responsabilidade”, afirmou.

O avião em que as vítimas viajavam saiu de Guarapuava e seguia para União da Vitória, no sul do estado – um trajeto de cerca de 150 quilômetros. A aeronave atingiu galhos de árvores e caiu em uma área de reflorestamento de eucalipto, no trajeto para a pista de pouso do Aeroporto Municipal José Cleto.

Duas iniciativas paralelas vão ser conduzidas para descobrir o que provocou a queda: uma do Cenipa, o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos, e outra da Sesp, a Secretaria de Segurança Pública do Paraná.

Previous ArticleNext Article
em 20 minutos tudo pode mudar
[post_explorer post_id="538737" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]