Pane em aviões cancela duas decolagens no aeroporto Afonso Pena

Redação


Dois voos registraram problemas na manhã desta quinta-feira (24), do aeroporto Afonso Pena, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, por necessidade de reparos técnicos.

Um deles seguia para Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná. Os passageiros embarcaram, o avião taxiou, mas não decolou. Por meio de nota, a Azul Linhas Aéreas, responsável pelo voo, afirmou que foi necessária uma manutenção não-programada da aeronave. O voo que saia de Foz e seguia para a capital também foi cancelado.

De acordo com a empresa, os clientes estão recebendo toda a assistência necessária e foram reacomodados em outros voos. Passageiros relataram atraso de mais de uma hora no embarque.

Outro voo, que seguia para o aeroporto de Congonhas, em São Paulo, também precisou interromper o procedimento de decolagem para ajustes técnicos. Após o reparo, o voo seguiu normalmente, saindo do Afonso Pena às 12h54 e pousando em SP às 13h33. O piloto iniciou a decolagem e precisou frear bruscamente. O bagageiro chegou a abrir com a força da parada.

Colunistas afirmam que o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, estaria no avião com a esposa.

Veja a nota da Azul na íntegra: 

São Paulo, 24 de janeiro de 2019 – Por conta de uma manutenção não-programada em sua aeronave, a Azul precisou cancelar os voos AD5756 (Curitiba – Foz do Iguaçu) e AD5093 (Foz do Iguaçu-Curitiba) na manhã desta quinta-feira (24). A companhia esclarece que está prestando toda a assistência necessária aos Clientes, como previsto na Resolução 400 da Anac, e que providenciou a reacomodação deles em outros voos da própria empresa. A Azul lamenta eventuais transtornos ocorridos e reforça que medidas como essa são necessárias para conferir a segurança de suas operações.

Veja a nota da LATAM na íntegra:

A LATAM Airlines Brasil informa que, devido a uma questão técnica, o voo LA3032 (Curitiba – São Paulo/Congonhas) de hoje (24) interrompeu seu procedimento de decolagem, ainda em solo, em completa segurança. O voo seguiu normalmente às 12h54*, pousando às 13h33*.

A companhia ressalta que abortar a decolagem é um procedimento padrão de segurança na aviação, e que segue as mais rigorosas normas, atendendo a regulamentação das autoridades brasileiras e internacionais.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="588803" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]