Bairro de Curitiba mantém geladeira solidária para alimentar quem tem fome

Francielly Azevedo - CBN Curitiba


“Dar de comer a quem tem fome e de beber a quem tem sede”: a passagem bíblica, do Evangelho de São Mateus, foi o que inspirou um grupo de voluntários da Paróquia São Braz, na Rua Antônio Escorsin, a adotar uma geladeira solidária. Há três meses eles iniciaram o projeto com parcerias entre moradores e restaurantes para abastecer a geladeira com alimentos das 8h às 23h, disponibilizando comida a pessoas que, por algum motivo, estão com fome.

O padre Juarez de Castro diz que os voluntários selecionam e organizam os alimentos. “Esses voluntários, além de coletar uma quantidade diária de refeições, também faz todo o cuidado com a limpeza e orientações sobre os alimentos que podem e os que não podem ser colocados”.

Por dia, aproximadamente 50 refeições são servidas. A geladeira foi colocada em um vão no portão da paróquia, sem travas, chaves ou cadeados. O equipamento fica ligado o dia todo, refrigerando os alimentos frescos. Edemar dos Santos é vendedor e um dos voluntários. Ele conta que a ideia foi inspirada em Paranavaí, no noroeste do Estado, onde já funcionam algumas geladeiras solidárias.
Além disso, explica que não são apenas moradores de rua que usufruem dos alimentos. “Tem pessoas que vêm buscar uma vez por dia e, se tem três pessoas na família, levam seis marmitas, porque não têm o que comer nem no almoço, nem na janta”.

A geladeira tem marmitas, frutas, sanduíches, água e suco. Tudo dentro do prazo de validade. Edemar destaca que não tem cota por pessoa, basta estar com fome e pegar a quantidade necessária para saciá-la. “Pais e mães de família desempregados. Às vezes cruzam a cidade atrás de uma oportunidade apenas com a passagem de ônibus, sem ter o que comer, e usufrui da geladeira. Pega a necessidade dele. O que tem na geladeira é para todos”, conta o voluntário.

O padre ressalta que é simples colaborar com o projeto. “Aquele alimento que estamos a fazer para nossa família, fazemos uma refeição a mais para doar e já é suficiente para abastecer nossa geladeira”.

Para quem quiser ajudar, a Paróquia São Braz fica na rua Antônio Escorsin, 1.860, no bairro São Braz. O telefone de lá é o 3024-1310. Os voluntários também estão disponíveis pra ensinar quem queira instalar uma geladeira solidária em outro ponto da cidade.

Previous ArticleNext Article