Balão é apreendido pela PM após causar incêndio no Boqueirão

Redação

balão, balão caiu, boqueirão, juvevê, curitiba, pmpr, polícia militar, corpo de bombeiros, incêndio, crime ambiental

Um balão com aproximadamente 200 metros foi apreendido neste domingo (25) após cair no bairro Boqueirão, em Curitiba. Ninguém foi preso. A Polícia Militar acompanhou o artefato desde o bairro Juvevê, quando o balão começou a perder altura.

Quase dez viaturas da PM e um caminhão do Corpo de Bombeiros foram necessários para isolar a área e controlar o incêndio.

“O balão caiu próximo a uma empresa, uma casa e uma indústria de papel e impressora, próximo a várias residências e comércios. Começou a pegar fogo ainda no ar, antes de cair, e acionamos o Corpo de Bombeiros, que conseguiu apagar o incêndio rapidamente. Ele começou a se consumir e danificar os telhados e fachadas das casas”, disse o tenente Carlos Eduardo Jorge Zeck.

De acordo com a Polícia Militar, o balão caiu por volta das 11h. A área precisou ser isolada porque centenas de pessoas se aglomeraram para observar o trabalho.

Ainda segundo a PM, algumas pessoas tentaram furar o bloqueio para pegar o balão. Após reforço policial, a multidão foi controlada e dispersada.

A Copel foi acionada para fazer o reparo da rede elétrica. Apenas a cauda do balão tinha aproximadamente 150 metros de comprimento e comprometeu a fiação elétrica de duas quadras.

O artefato apreendido foi encaminhado para a sede do Batalhão de Polícia Ambiental-Força Verde (BPAmb-FV), em São José dos Pinhais, na Grande Curitiba.

Devido ao risco de incêndios, soltar balão é crime ambiental, sob pena de detenção de um a três anos e multa.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="778095" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]