Balneário em Pontal do Paraná, no litoral, é impróprio para banho; entenda

Redação

Balneário em Pontal do Paraná, no litoral, é impróprio para banho

O Balneário Olho D’água, em Pontal do Paraná, é considerado impróprio para banho, assim como o Rio Nunes e Ponta da Pita, no Litoral. É o que aponta o 4° boletim de balneabilidade emitido pelo IAT (Instituto Água e Terra), emitido nesta sexta-feira (8).

As águas são monitoradas pelo instituto no período de maior fluxo de veranistas para avaliar a concentração de bactérias Escherichia coli (E.coli), presentes em esgoto sanitário clandestino e fezes humanas e de animais de sangue quente.

Quanto maior a quantidade da bactéria na água, maior a possibilidade da existência de agentes patogênicos que podem colocar em risco a saúde dos banhistas. As doenças mais comuns são gastroenterite, diarreia, doenças de pele e infecções nos olhos, ouvidos e garganta.

O Balneário Olho D’Água apareceu como impróprio nesta semana. Isso aconteceu porque ele fica próximo a um ponto impróprio para banho permanente. “O grande fluxo de pessoas no local, aliado às chuvas comuns nessa época, podem provocar o transbordamento desses rios até chegar em pontos de banho no mar”, explica a bióloga do IAT, Beatriz Ern da Silveira.

Ponta da Pita se apresenta impróprio desde o primeiro boletim e o Rio Nunes aparece nesta categoria pela terceira vez. “Os principais fatores que dão origem à contaminação das águas são as fortes chuvas, esgoto urbano e o grande fluxo de banhistas”, complementa a bióloga.

PARANAENSES PODEM ACESSAR QUALIDADE DAS ÁGUA POR MEIO DE APLICATIVO

Agora a qualidade das águas pode ser acessada também pelo novo aplicativo para sistema Android “Balneabilidade Estado do Paraná”, além do site do Instituto Água e Terra. Serão emitidos nove boletins, sendo o último no dia 12 de fevereiro, e divulgados às sextas-feiras.

PONTOS PARA BANHO NO LITORAL DO PARANÁ

Os pontos monitorados ficam em Guaratuba (13), Matinhos (14), Pontal do Paraná (11), Ilha do Mel (6), Morretes (3) e Antonina (2). O boletim também aponta dez rios, canais e galerias considerados permanentemente impróprios para banho no Litoral, independentemente da época do ano. Eles estão indicados em letras maiúsculas no boletim.

RIOS NO INTERIOR

Na Costa Oeste do Estado são monitorados pontos de prainhas e rios nas cidades de Foz do Iguaçu (2), Santa Terezinha de Itaipu (3), São Miguel do Iguaçu (2), Itaipulândia (1), Missal (1), Santa Helena (3), Entre Rios do Oeste (2), Marechal Cândido Rondon (2) e na Costa Norte no município de Primeiro de Maio (1).

Previous ArticleNext Article