Bandidos atrapalhados são presos ao tentar recuperar celular deixado no local do crime

Andreza Rossini e Assessoria

Dois primos foram presos em flagrante por policiais civis da Delegacia de São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, após roubarem uma caminhonete, modelo Amarok, na cor cinza, na tarde de segunda-feira.

A prisão aconteceu após um deles ligar para o celular que havia deixado cair na cena do crime. De acordo com a polícia, a ação dos bandidos atrapalhados aconteceu quando a vítima deixava um dos filhos na escola.

Um dos suspeitos de posse de uma arma de fogo exigiu que a vitima e seu outro filho deixassem o veículo, foi quando a criança percebeu que ao deixar o local o bandido deixou cair seu celular. “De posse do aparelho telefônico, a vítima registrou um boletim de ocorrência e o entregou na delegacia. Não demorou muito tempo para o celular tocar. Assim que os policiais atenderam, o homem do outro lado da linha falou que o celular era dele, a equipe marcou um encontro para fazer a devolução, porém, o suspeito não imagina que seria a polícia que iria até o local combinado”, falou o delegado-adjunto, da Delegacia de São José dos Pinhais e responsável pelo caso, Michel Teixeira.

Durante a prisão, o suspeito reagiu e precisou ser contido. Na delegacia ele alegou que não fazia parte do esquema e entregou seu comparsa. Após diligências policiais, o outro envolvido também foi encontrado e, ao desembarcar da viatura na delegacia, ele se jogou no asfalto – precisando de apoio policial para conter o rapaz.


Para a polícia, o segundo homem preso foi quem buscou o veículo no local combinado pelo Santos, após o crime. Após serem ouvidos na delegacia, a equipe saiu em diligência até localizar o veículo no bairro São Domingos, estacionada na rua Paraná. A vítima foi até a delegacia e já teve seu bem devolvido. A dupla foi autuada pelo crime de roubo e permanece presa à disposição da Justiça. Ambos possuem passagem policial.

Post anteriorPróximo post