Bebê de três meses é o mais jovem doador de órgãos do Paraná

Francielly Azevedo

Um bebê de três meses teve os órgãos doados nesta terça-feira (9). A captação foi feita no Hospital Universitário do Oeste do Paraná (HUOP), em Cascavel. Com a doação, a criança se tornou o doador mais jovem da história do hospital.

Filho único de uma família de Catanduvas, também no oeste paranaense, o bebê teve os rins encaminhados para o Rio Grande do Sul, para serem transplantados em uma menina de 2 anos de idade.

“A gente sente a dor de outra mãezinha que está esperando uma ligação [da Central de Transplantes] para poder ajudar a criança. No caso do meu filho não tinha mais o que ser feito, mas por que eu não poderia ajudar outra mãe que está sofrendo?”, disse Cíntia da Silva, mãe do bebê.

Segundo os médicos, o bebê teve a morte encefálica confirmada após uma parada cardíaca causada por perda acentuada de líquidos.


ESTADO REFERÊNCIA NA DOAÇÃO DE ÓRGÃOS

O Paraná é o Estado brasileiro com maior índice de doações de órgãos por milhão de população. Enquanto a média nacional é de 17,5 doações por milhão de habitantes, no Paraná esse índice chegou a 49,2 em 2018.

De janeiro a setembro deste ano, 468 famílias autorizaram a doação de órgãos de seus familiares e 418 destes resultaram em doações efetivas. Como cada doação pode beneficiar mais de um paciente, o número de transplantes realizados no Estado é bem maior, chegando a 722. Além desses, foram realizados ainda 636 transplantes de córneas no Paraná.

Para ser doador de órgãos não é necessário deixar nada por escrito, mas sim avisar seus familiares sobre o desejo de doar.

**Com informações da AEN**

Post anteriorPróximo post
Jornalista, formada pela Universidade Tuiuti do Paraná. Repórter do Paraná Portal e Rádio CBN. Tem passagens pela TV éParaná, TV Assembleia, TV Transamérica, CATVE, Rádio Iguassu e Folha de Londrina.
Comentários de Facebook