Bicicletas compartilhadas são retiradas das ruas de Curitiba

William Bittar - CBN Curitiba


Quem anda por parques e praças de Curitiba já deve ter percebido que as famosas bicicletas compartilhadas amarelas, chamadas de Yellow, não estão mais nesses lugares, pois é, não tem mais nenhuma na cidade.

O serviço de bikes e patinetes compartilhadas começou a funcionar na capital paranaense há um ano e já passa por mudanças, incluindo a retirada das bicicletas de circulação.

A Grow, startup de serviço de micromobilidade responsável pelas bicicletas, informou nesta quarta-feira (22) que todas foram “recolhidas das ruas para que sejam submetidas a um processo de checagem e verificação das condições de operação e segurança”. No entanto, o comunicado não estipula um prazo para que elas voltem.

Além disso, a empresa também anunciou que somente Curitiba, São Paulo e Rio de Janeiro seguirão recebendo as patinetes elétricas, pois as operações serão encerradas em 14 cidades. As patinetes que estavam nesses municípios serão transferidas para aqueles em operação.

A empresa disse ainda que está buscando parcerias públicas e privadas “para fortalecer e expandir sua operação”.

Segundo o levantamento realizado pela Grow, em sete meses de serviço na capital paranaense, os usuários percorreram, em média, 160 mil quilômetros por mês, o equivalente a quatro voltas na Terra.

De acordo com a empresa, as sextas-feiras são os dias da semana em que a procura por bicicletas e patinetes compartilhadas em Curitiba era maior, enquanto segundas e quartas eram os dias de menor volume.

No comunicado, a Grow informou que “em parceria com uma consultoria de RH, está buscando a recolocação dos colaboradores demitidos”.

Previous ArticleNext Article