Covid-19: Paraná passa de 2 mil mortos e acumula quase 80 mil casos

Angelo Sfair

coronavírus no paraná, mortes, morte, óbito, óbitos, casos confirmados, boletim, informe epidemiológico, sesa, secretaria estadual da saúde, coronavírus, covid-19

O boletim do coronavírus atualizado nesta segunda-feira (3) pela Sesa (Secretaria de Estado da Saúde) confirmou mais 45 mortes por Covid-19 no Paraná. Assim, o Estado rompe a barreira de 2 mil óbitos causados por complicações da doença.

Além disso, foram adicionados 1.233 casos novos aos registros oficiais. O Paraná acumula, desde março, 79.984 diagnósticos positivos e 2.028 mortes.

O Estado foi o primeiro da região Sul a romper a marcar de 2 mil óbitos. Neste quesito, de acordo com o Ministério da Saúde, o Paraná está à frente de Rio Grande do Sul (71.040 casos e 1.974 mortes) e Santa Catarina (87.982 casos e 1.175 mortes).

Em média, taxa de ocupação dos leitos de UTI  do SUS exclusivos para Covid-19 no Paraná é de 73%. A situação mais crítica está na região leste, onde 86% das vagas de alta complexidade reservadas para pacientes com coronavírus estão indisponíveis.

EVOLUÇÃO DA COVID-19

O Paraná viu os números de mortes e de casos confirmados triplicarem em julho. O mês passado começou com uma “quarentena mais restritiva” imposta pelo governo estadual. Durante 14 dias, as sete regiões mais afetadas pelo coronavírus foram orientadas a endurecer as medidas.

No entanto, o governador Ratinho Junior (PSD) rechaçou o termo lockdown, e atribuiu aos municípios a responsabilidade de executar e fiscalizar as regras propostas. O decreto não foi renovado com o argumento de que a população não aderiu à “quarentena” da forma como o governo estadual esperava.

O Ministério Público se manifestou de forma contrária à decisão em não renovar o decreto da quarentena. Os promotores alegam que o Governo do Paraná não apresentou indicadores de que a taxa de contágio havia caído durante as duas semanas em que as medidas mais restritivas vigoraram.

De fato, o índice de isolamento social sequer aumentou no Paraná, conforme reconhece a própria Sesa (Secretaria de Estado da Saúde). O resultado é o aumento contínuo dos números de casos confirmados e mortes pela Covid-19. Somente em julho foram confirmados 1.263 óbitos e 52.677 diagnósticos positivos.

  • 636 mortes em 30 de junho –  1.899 mortes em 31 de julho: + 198,5%
  • 22.623 casos em 30 de junho – 75.300 casos em 31 de julho: + 232,8%

CORONAVÍRUS NO PARANÁ

Loading…

De acordo com o boletim do coronavírus atualizado nesta segunda-feira (3) pela Sesa (Secretaria de Estado da Saúde), mais 45 mortes de pacientes com Covid-19 foram incluídas aos registros oficiais da doença no Paraná.

Segundo a secretaria estadual, eram 12 mulheres e 33 homens, com idades entre 41 e 96 anos. As mortes ocorreram entre os dias 21 de julho a 03 de agosto. 29 dos 45 novos óbitos eram de pessoas que moravam em Curitiba e região metropolitana.

Atualmente, conforme a Sesa, o Paraná tem 1.251 pacientes com Covid-19 internados em hospitais da rede pública ou privada. Destes, 514 estão ocupam leitos de UTI, enquanto 737 estão em vagas de enfermaria.

+ Covid-19: confira o boletim completo do coronavírus no Paraná (03/08/2020)

Previous ArticleNext Article