Novos casos de covid seguem aumentando em Curitiba e geram preocupação na SMS

Vinicius Cordeiro

covid-19 em curitiba boletim novos casos, paraná

Os casos de covid-19 em Curitiba aumentam sem parar nesta semana. O boletim desta sexta-feira (12) confirma mais 668 casos e 17 mortes devido ao coronavírus – sete dos óbitos aconteceram nas últimas 48 horas. Diante desse cenário, a SMS (Secretaria Municipal da Saúde) fica atenta e pode voltar a restringir as atividades na semana que vem.

A gente olha com preocupação e precisa alertar que toda a população esteja consciente que um novo pico da doença pode não ser agradável. Para que não tenhamos medidas restritivas de novo, é preciso que todo mundo auxilie e cumpra com rigor o protocolo sanitário básico“, diz Marion Burger, médica epidemiologista da SMS.

Foram 410 novos casos no boletim do dia 31 de julho. Desde então, é constante a escalada, resultado em 598 infectados na terça, 656 diagnósticos positivos ontem e 668 novos casos hoje.

Para conter isso, a prefeitura de Curitiba reforça o uso da máscara, distanciamento social e higiene das mãos (com álcool gel ou água e sabão), entre as outras ações para conter a transmissão da doença.

Vale lembrar que a imunização acontece somente 15 dias depois da vacina e não garante que você não será infectado, apenas que evitará a morte ou caso grave.

Conforme estudo da Info Tracker, plataforma de monitoramento da pandemia da USP (Universidade de São Paulo) e da Unesp (Universidade Estadual Paulista), pessoas completamente vacinadas representaram somente 3,68% das mortes por covid-19 que ocorreram no Brasil entre 28 de fevereiro e 27 de julho.

O caso de Tarcísio Meira ganhou repercussão já que o ator tinha sido vacinado com as duas doses. Contudo, ele fazia diálise contínua por ter problemas nos rins, ou seja, já tinha um estado de saúde que necessitava cuidados. Glória Menezes, de 86 anos e agora viúva, também foi infectada e, imunizada, está quase recuperada da doença.

LEITOS DISPONÍVEIS E CASOS ATIVOS 

Nesta quinta-feira (12/8), a taxa de ocupação dos 419 leitos de UTI SUS exclusivos para covid-19 em Curitiba está em 65%. Restam 147 leitos livres. Já em relação aos 378 leitos de enfermarias SUS covid-19, a ocupação está em 72% com 104 leitos vagos.

Eram 6.528 casos ativos (pessoas capazes de transmitir o vírus) no fim de julho, sendo que o índice chegou a 5.752 casos ativos no último dia 4.

Hoje o número está em 6.476, próximo da marca do último mês. Isso é fruto da diminuição dos cuidados e com a chegada da variante delta, mais transmissível.

“É uma somatória. Por um lado temos considerado como circulação comunitária a variante delta e temos também aglomerações bastante preocupantes a cada final de semana de forma mais intensiva”, finaliza Burger.

NÚMEROS DA COVID EM CURITIBA

  • 226.253 casos confirmados
  • 6.476 casos ativos
  • 252.919 recuperados
  • 6.858 mortes

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="782682" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]