Covid-19: Curitiba quebra recorde diário de mortes com 27 óbitos

Jorge de Sousa

Covid-19: Curitiba fecha 14 dias com menos de 90% de ocupação nos leitos de UTI

Curitiba quebrou seu recorde diário de mortes pela Covid-19 nesta quarta-feira (5), segundo a Secretaria Municipal da Saúde.

Foram confirmados nas últimas 24 horas, 733 casos e 27 mortes, totalizando 22.303 casos e 647 mortes desde o início da pandemia em 11 de março.

O recorde diário de casos confirmados segue no dia 16 de julho, quando 768 ocorrências foram registradas em 24 horas.

Entre as últimas vítimas fatais estavam dois servidores municipais, ambos funcionários da Secretaria Municipal da Defesa Social e Trânsito.

Um deles é o comandante emérito da Guarda Municipal de Curitiba, Odgar Nunes Cardoso, e o outro um funcionário de 43 anos, que não apresentava nenhuma comorbidade como fator de risco.

Oito dos óbitos registrados nesta terça-feira ocorreram nas últimas 24 horas, com vítimas de idades entre 43 e 90 anos.

“Nosso amigo Edgar que nos deixou. Ele estava lutando há quatro semana, infelizmente teve contato com o vírus, mas hoje partiu. Nosso agradecimento a ele, nossos sentimentos a família nesse momento de muita dor. Uma pessoa que sempre foi parceira e que dedicou a vida à Curitiba”, lamentou a secretária municipal da Saúde, Márcia Huçulak.

Mesmo com os números expressivos, a taxa de ocupação dos leitos de UTI se mantém na casa dos 88%, com 42 dos 345 espaços disponíveis para o atendimento de pacientes graves.

Outro número positivo é a queda gradual no número de casos ativos, com 5.235 pessoas tendo a possibilidade de transmitir a Covid-19 em Curitiba.

Previous ArticleNext Article