Dengue soma 852 casos desde agosto no Paraná; 102 nas últimas duas semanas

Jorge de Sousa

Dengue soma 852 casos desde agosto no Paraná;

O Paraná registrou nas últimas duas semanas novos 102 casos de dengue, segundo boletim divulgado pela Sesa (Secretaria de Estado da Saúde) nesta terça-feira (17).

Desde o início do ciclo em agosto foram confirmados 848 casos e cinco óbitos em 152 municípios. O levantamento deste ciclo da dengue irá durar até julho de 2021.

Mais 12 municípios registraram casos autóctones de dengue (ocorrências dentro do município): Goioerê, Nova Cantu, Perobal, Amporã, Astorga, Paiçandu, Lupionópolis, Santa Amélia, Entre Rios do Oeste, Santa Helena, Toledo e Manoel Ribas.

Também foram registrados casos de dengue grave nos municípios de Foz do Iguaçu (três casos) e Cascavel, Marmeleiro, Assaí e Jataizinho (um caso em cada cidade).

Atualmente o estado conta com 9.978 notificações, 1.703 a mais do que o boletim divulgado há duas semanas.

“O Governo do Estado está atento à dengue, já aplicando as medidas de combate aprovadas no Plano Estadual e preparando os profissionais do estado e dos municípios para atendimento de forma integrada, com o objetivo de identificar e diagnosticar a dengue com mais agilidade e segurança”, explicou o secretário da Saúde do Paraná, Beto Preto.

Desde 1991, os casos da doença são acompanhados pela Secretaria Estadual da Saúde. Mas no último ciclo, o Paraná quebrou o recorde de casos confirmados e mortes, com 227.724 contaminações e 177 óbitos.

“Eliminar os criadouros significar acabar com todos os pontos e recipientes que possam acumular água; nunca é demais repetir que é preciso tampar as caixas d´água, cisternas e poços; limpar as calhas e os ralos, e descartar corretamente o lixo, entulhos e pneus velhos”, finalizou o secretário.

LEIA MAIS: 85% dos brasileiros dizem querer vacina contra coronavírus, mostra pesquisa global

Previous ArticleNext Article