Bombeiros reforçam atendimento no Litoral durante o Carnaval

Apesar de as festividades de rua estarem proibidas nas cidades litorâneas do estado, milhares de pessoas pegaram a estrada com destino à beira-mar

Redação - 26 de fevereiro de 2022, 12:17

Foto: Divulgação/Sesp
Foto: Divulgação/Sesp

O Corpo de Bombeiros reforçou o atendimento e as ações de prevenção a acidentes no Litoral do estado, durante o feriado prolongado de Carnaval.

De acordo com a corporação, as medidas de fiscalização e orientação e aos veranistas por parte dos guarda-vidas estão mais frequentes, além do trabalho de atendimento a acidentes de trânsito, pré-hospitalares e de combate a incêndios.

As atividades de praia contam com quadriciclos, motos aquáticas, bandeiras e placas de orientação, postos de guarda-vidas e apoio de uma aeronave preparada para os atendimentos. 

“Ampliamos a quantidade de postos de guarda-vidas no Litoral já no início do verão e, hoje, o serviço está sendo prestado com excelência e dedicação, tanto pelos guarda-vidas, diretamente nas praias, quanto nos demais serviços de atendimento, que fazem toda a diferença para o salvamento das pessoas em nosso Litoral”, afirma o comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Manoel Vasco. “Nossos guarda-vidas estão redobrando a atenção no cuidado com os banhistas e pedidos ao cidadão prudência ao entrar no mar”.

Apesar de as festividades de rua estarem proibidas nas cidades litorâneas do Paraná, milhares de pessoas pegaram a estrada com destino à beira-mar neste sábado (26).

A população precisa estar atenta às sinalizações na areia que indicam se o local é seguro para banho. O Corpo de Bombeiros lembra que a entrada no mar deve ocorrer somente em locais próximos aos postos de guarda-vidas, sempre delimitados pelas bandeiras com as cores vermelho sobre amarelo. Nos locais onde há a bandeira preta não há supervisão de guarda-vidas e o cidadão não deve entrar na água.

Ainda nas areias, as pessoas contam com dezenas de guarda-vidas distribuídos por toda a faixa litorânea paranaense durante todos os dias do feriado. Eles farão orientações e advertências para chamar a atenção dos banhistas sempre que estiverem em perigo. “No entanto, o cidadão também é responsável por sua segurança, ou seja, tomar cuidados como respeitar limites do seu corpo, condições físicas e também do local ajudam a evitar afogamentos”, adverte a tenente Ana Paula Inácio de Oliveira Zanlorenzzi.

Em casos específicos de busca e salvamento, um helicóptero, que faz parte do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA), poderá ser acionado.

“Estamos aqui para fazer os atendimentos necessários em qualquer momento e situação, porém, visando a segurança e o bem-estar do cidadão, reforçamos que a prevenção é sempre importante”, afirma a tenente. “Estamos em um período em que as pessoas aproveitam para se divertir no mar, mas é importante que isso seja feito com segurança. Bebida e mar não combinam, e entrar na água durante a noite também não deve ocorrer”.

A atuação dos bombeiros durante este Carnaval não se limitará aos atendimentos na areia. “Nossas equipes seguem preparadas para agir tanto na parte de prevenção, com orientações e contato com a comunidade, quanto com as ações de busca e salvamento, atendimentos de acidentes e combate a incêndios, os quais, desde o início do verão, já estão sendo reforçados”, encerra a tenente.

O grande fluxo de pessoas circulando nas rodovias que dão acesso ao Litoral aumenta a chance de acidentes. As equipes de atendimento emergencial e socorro do Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate), em parceria com ouros órgãos do Estado ou municípios, também estarão prontas para atender situações em que a vida do cidadão esteja em risco.