BR-277 terá bloqueio para obra de nova trincheira, em Guarapuava

O tráfego de veículos da BR-277 será desviado para as vias marginais na altura do km 343; prazo de execução da obra é de 120 dias, conforme o DER.

Redação - 25 de maio de 2022, 08:49

Foto: Ari Dias/AEN
Foto: Ari Dias/AEN

Um trecho da BR-277 em Guarapuava, na região Central do estado, será bloqueado a partir desta quarta-feira (25) para a execução das obras de uma nova trincheira. De acordo com o DER/PR (Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná), o bloqueio começa às 13h.

O tráfego de veículos da BR-277 será desviado para as vias marginais na altura do km 343, conforme o órgão. Condutores no sentido Cascavel deverão acessar o desvio próximo à entrada do Parque das Araucárias e seguir pela Rua Alzino Carazai, retornando à BR-277, um pouco antes da passarela.

Já no sentido Curitiba, o desvio será para a Rua Jorges Alves Ribeiro, começando na altura do posto de combustíveis Guairacá II, com o retorno realizado já pela laje da estrutura da trincheira sobre a Rua Campo Grande.

Foto: DER/PR

O DER informou ainda que o trecho contará com sinalização provisória para orientar os condutores quanto às mudanças. Os serviços têm prazo de execução de 120 dias.

NOVA TRINCHEIRA NA BR-277 EM GUARAPUAVA

A nova trincheira da Avenida João Fortkamp está incluída na obra de duplicação da BR-277 em Guarapuava, que prevê serviços em ambos sentidos da rodovia, do km 345,2 ao km 349,1.

Haverá duas pistas de rolamento com 7,20 metros de largura em cada sentido (duas faixas de tráfego com 3,60 metros), com faixas de segurança de 60 centímetros ao centro, onde serão implantadas barreiras de concreto New Jersey, e acostamentos externos de 2,50 metros.

A via central terá velocidade máxima de 80 km/h. Serão implantadas, ainda, uma via marginal direita e uma marginal esquerda, com velocidade máxima de 40 km/h.

A obra contempla também uma nova trincheira na Avenida Professor Pedro Carli; a duplicação do viaduto no entroncamento com a PRC-466 e, ainda, a adequação de suas alças de acesso; três pontes no km 345,5; uma trincheira para acesso ao aeroporto municipal; uma passarela no km 349,3 e outra no km 345; e a implantação de iluminação pública em uma extensão de 12,2 quilômetros.