Bullying poderá ser denunciado pela Central 156 segundo projeto na Câmara de Curitiba

Jorge de Sousa

Bullying poderá ser denunciado pela Central 156 segundo projeto na Câmara de Curitiba

Um projeto de lei em tramitação na Câmara Municipal de Curitiba (CMC) quer criar um canal de denúncias para casos de bullying na Central 156.

A autoria do projeto é do vereador Zezinho Sabará (DEM) que protocolou a proposta no dia 30 de março.

A Central 156 serviria como uma ponte entre os alunos com casos de bullying e a diretoria da escola, que será obrigada a abrir investigação da ocorrência e terá a supervisão da Secretaria Municipal de Educação.

“Com este serviço, reduziremos os efeitos psicológicos, por meio de orientações dadas por pessoas especializadas, com a presença dos pais ou familiares”, explicou Zezinho do Sabará.

O projeto está sob análise da Procuradoria Jurídica da Câmara Municipal de Curitiba e ainda precisa ser aprovado pela CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) e comissões permanentes.

Após essas análises o projeto segue apara votação em plenário, sendo necessária a aprovação em dois turnos sem alteração no texto para a proposta seguir para as mãos do prefeito de Curitiba.

Caso o prefeito em exercício aprove o texto, a proposta é declarada lei. Mas se o projeto foi vetado o projeto precisa ser votado novamente dentro da Câmara Municipal de Curitiba.

Previous ArticleNext Article