Doações para refugiados ucranianos são furtadas em Prudentópolis

Foram levados cerca de 150 kg de alimentos e roupas, além de produtos de higiene e fraldas infantis arrecadados pela comunidade de Prudentópolis.

Redação - 25 de maio de 2022, 07:05

Foto: Divulgação/PMPR
Foto: Divulgação/PMPR

Doações arrecadadas pela comunidade de Prudentópolis, na região Centro-Sul do estado, para refugiados ucranianos, foram furtadas por ladrões, de acordo com a Polícia Militar (PMPR). O crime foi percebido na tarde desta terça-feira (24).

De acordo com a polícia, os donativos foram levados de uma propriedade na Rua Cândido de Abreu, no Central da cidade, nas proximidades da Paróquia São Josafat.

Foram levados cerca de 150 kg de alimentos, seis malas grandes de viagem, com rodinhas, cerca de quatro sacos de roupas, além de produtos de higiene e fraldas infantis.

Ainda conforme a PM, os ladrões arrombaram uma janela para acessar o imóvel onde as doações estavam sendo mantidas. A polícia fez buscas pela região, mas ninguém foi preso.

Paróquia São Josafat, em Prudentópolis, é considerada uma das mais belas do estilo Bizantino do país.
Foto: Divulgação/Paróquia São Josafat

Um boletim de ocorrência foi registrado e a delegacia de Polícia Civil da cidade deve investigar o caso.

Prudentópolis é considerada a cidade mais ucraniana do Brasil. Segundo dados da prefeitura, dentre os 52.776 moradores, 75% têm descendência ucraniana.

A forte ligação com o país do Leste Europeu, que foi invadido pela vizinha Rússia há pouco mais de três meses, foi decisiva para que a cidade acolhesse um grupo de refugiados ucranianos. Em fevereiro, a prefeitura encaminhou um ofício à Ucrânia oferecendo refúgio aos moradores do país. Atualmente, a cidade abriga um grupo de ucranianos que deixaram suas casas para fugir do conflito armado.

Leia também:
PF que abriu fogo em posto de combustíveis vira réu por homicídio
Cidades
PF que abriu fogo em posto de combustíveis vira réu por homicídio

Redação

24 de maio de 2022, 21:26

Mortes por dengue avançam mais de 50% em uma semana no Paraná
Cidades
Mortes por dengue avançam mais de 50% em uma semana no Paraná

Redação

24 de maio de 2022, 17:38

Dupla que matou família em Palmas em 2018 é condenada a mais de 50 anos de prisão
Cidades
Dupla que matou família em Palmas em 2018 é condenada a mais de 50 anos de prisão

Redação

24 de maio de 2022, 16:56

« arraste para o lado »