Carnaval de Curitiba: escolha da escola de samba campeã é realizada hoje

Redação


A apuração das notas das Escolas de Samba do Grupo Especial de Curitiba é realizado nesta segunda-feira (24), a partir das 15h, no Memorial de Curitiba. O desfile, que aconteceu no sábado, levou 30 mil pessoas para a rua Marechal Deodoro.

Confira o enredo das escolas de samba de Curitiba abaixo!

CARNAVAL DE CURITIBA 2020: DESFILE ENCATA PÚBLICO

As cinco escolas do Grupo Especial de Curitiba embalaram o público com sambas-enredo que cantaram desde a a loucura, a intolerância religiosa e a gastronomia até as belezas da lua e homenagem à atriz Lala Schneider, a grande dama do Teatro brasileiro.

Também foram homenageados os carnavalescos mestre Rodrigues e Marlene Carmelo. Ele faleceu em julho do ano passado e ela, no último dia 10.

  • Embaixadores da Alegria: escola de samba mais antiga na cidade, foi a primeira a entrar na passarela. A escola se valeu dos primeiros versos da canção Maluco Beleza, de Raul Seixas. O enredo foi inspirado na loucura e na genialidade. A agremiação teve um contratempo com o carro abre-alas no começo do desfile, mas isso não chegou a prejudicar sua apresentação;
  • Imperatriz da Liberdade: deu continuidade aos desfiles, e trouxe para a Marechal uma questão que se destaca por ser comum a outros lugares do Brasil: a intolerância religiosa contra as religiões de matriz africana;
  • Enamorados do Samba: exaltou a história e a formação étnica de Curitiba, com referências aos 60 anos do Mercado Municipal, aos povos originários até as influências dos europeus
  • Acadêmicos da Realeza: homenageou a atriz Lala Schneider. Falecida há quase 13 anos, ela é considerada a dama do teatro paranaense;
  • Mocidade Azul: o entusiasmo só deixou o local depois que a pentacampeã, vencedora do ano passado, apresentou-se debaixo de chuva fina, do início ao fim do desfile, pouco antes das 2h deste domingo. O enredo fazia uma homenagem a luz e o poder feminino;
Previous ArticleNext Article