Carnaval tem pedágio mais caro, novos radares e movimento intenso nas estradas

Mariana Ohde


Com Metro Curitiba

O grande movimento nas rodovias que ligam a capital paranaense às praias do Paraná e de Santa Catarina para o feriadão de Carnaval começa nesta sexta-feira (24) – e com novidades. Para ir ao estado vizinho, o pedágio está mais caro desde 0h e para descer a Serra do Mar a fiscalização está mais pesada.

Somente hoje, a Ecovia espera 40 mil veículos no sentido do litoral paranaense. O horário de pico está previsto entre 19h e 21h, com quase três mil veículos/hora – ou cinco vezes o normal. Amanhã mais 30 mil veículos devem descer a Serra, com maior movimento pela manhã, com destaque entre 10h e 11h (2,8 mil veículos/ hora).

Já para Santa Catarina, ou para quem vai para Guaratuba por terra, a Autopista Litoral Sul informa que o fluxo deve ser maior a partir das 15h de hoje e das 7h às 15h de amanhã. O movimento pode ser até 60% maior do que em dias normais, principalmente nas praças de São José dos Pinhais e Garuva-SC, amanhã, terça e quarta-feira.

Para o interior do Paraná, a CCR RodoNorte estima volume médio 25% acima do normal durante o feriado, com média de 35% em São Luiz do Purunã, na BR- 277 (sendo 60% acima hoje e amanhã).

As operações especiais da Polícia Rodoviária Federal e do Batalhão de Polícia Rodoviária começam hoje e vão até a quarta-feira de Cinzas (28).

Rodoviária

De ônibus, cerca de 51 mil pessoas devem deixar Curitiba para o Carnaval. O maior movimento é hoje, com previsão da saída de 780 veículos com 24 mil passageiros. Amanhã 17,5 mil pessoas saem em 610 ônibus. O destino preferido é o litoral do Estado, com 40% dos viajantes, seguido do litoral catarinense (25%) e interior (17%).

Pedágio para SC sobe 13%

Desde 0h de hoje, a tarifa do pedágio está mais cara no trecho entre Curitiba e o litoral catarinense. O preço para automóveis subiu de R$ 2,30 para R$ 2,60, conforme autorizou ontem a Agência Nacional de Transportes Terrestres.

O reajuste é anual (ano passado aconteceu no dia 22/02) e vale para as cinco praças de pedágio entre Curitiba e Palhoça (São José dos Pinhais-PR, Garuva-SC, Araquari-SC, Porto Belo-SC e Palhoça-SC) – trecho da Autopista Litoral Sul na BR-376 e BR-101. Ou seja, uma viagem para alguma praia logo após Florianópolis fica R$ 3 mais cara (ida e volta). Valor ainda bem abaixo dos praticados em outras rodovias no Paraná.

BR-277 tem sete novos radares

O motorista que vai para o litoral paranaense neste feriado deve redobrar sua atenção. Foram instalados mais sete radares ao longo da BR-277 na Serra do Mar, Morretes e Paranaguá, que serão monitorados pela Polícia Rodoviária Federal.

Segundo a Ecovia, a medida visa aumentar a segurança dos viajantes. “A velocidade na BR-277 é demonstrada por sinalização específica ao logo da rodovia. Em alguns trechos a velocidade máxima permitida é de até 80km/h, limite que muitas vezes não é respeitado”, disse o gerente de atendimento ao usuário, Raul Boff. Entre hoje e amanhã à tarde, a concessionária vai distribuir folders com dicas de segurança na praça do pedágio.

Previous ArticleNext Article
Repórter no Paraná Portal
[post_explorer post_id="416370" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]