Cartão Social para ônibus da RMC avança na Assembleia do Paraná

Redação

Cartão Social para ônibus da RMC avança na Assembleia do Paraná

O Programa Cartão Social foi aprovado em primeiro turno com emendas na Assembleia Legislativa do Paraná nesta terça-feira (25) e deve retornar à pauta dos deputados estaduais nesta quarta-feira (26).

O projeto prevê que desempregados em busca de trabalho e pessoas em vulnerabilidade social que precisam de atendimentos urgentes possam receber passagens de ônibus gratuitas.

Essa gratuidade valeria apenas para os ônibus que sejam geridos pela Comec (Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba), órgão de responsabilidade do executivo estadual.

O Cartão Social é uma iniciativa do Governo do Paraná e faz parte das medidas de recuperação da economia devido a pandemia da Covid-19.

“É uma medida protetiva de combate à pandemia, e já pensando na questão financeira dessas pessoas que serão beneficiadas, assegurando a utilização dos créditos em até um ano para as pessoas terem esse apoio financeiro do Governo para utilizar o transporte público metropolitano”, explicou o presidente da Assembleia, deputado Ademar Traiano (PSDB).

Para a definição dos beneficiários serão utilizados como base os programas sociais do Governo Federal, no cadastro único, aos desempregados no sistema de dados da Agência do Trabalhador e aos cadastrados em serviços da Secretaria de Justiça, Família e Trabalho.

A validade desses créditos seria de 12 meses, mas as passagens só poderão ser usadas fora do horário de pico, evitando dessa forma a lotação do transporte coletivo durante a pandemia.

O número de passagens e o número de beneficiados pelo Programa Cartão Social ainda não foi estipulado. Será de responsabilidade da Comec fazer essa análise, equalizando os custos e receitas do Sistema Metropolitano.

LEIA MAIS: Paraná rompe marca de 3 mil mortes por Covid-19, diz Sesa

Previous ArticleNext Article