Casos de dengue aumentam no estado, já são 4 mil confirmados

Alexandra Fernandes


Os casos de dengue aumentaram 34% no Paraná, de acordo com o último boletim da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), divulgado na última terça-feira (23). Foram confirmados 4.191 casos. São 1.077 a mais que na semana anterior, que apresentou 3.114 registros confirmados de dengue.

Diante da situação o secretário da Saúde, Beto Preto, lançou uma campanha para reforçar o combate ao mosquito Aedes aegypti. “Tivemos mais uma semana com aumento de casos e de casos mais graves em alguns municípios. Por isso, reafirmamos em nome do Governo do Estado o pedido para que a população participe deste combate adotando medidas simples, como manter os quintais limpos, sem lixo e sem depósitos de água parada, que são os principais locais de criação de novos focos do mosquito transmissor da doença”, afirmou o secretário.

A maior parte dos registros são autóctones (4.037). Cinco mortes pela doença já foram confirmadas, sendo quatro em Londrina, no norte  e uma em Cascavel, no oeste.

Segundo a Sesa, 170 municípios têm casos confirmados de dengue e 22 registram situação de epidemia. Outras 18 cidades estão em situação de alerta para epidemia.

A forma grave da doença foi registrada em Londrina, Foz do Iguaçu, Cascavel, Sarandi, Maringá e Sertanópolis.

Campanha

A Secretaria da Saúde do Paraná lançou uma campanha digital com orientações sobre medidas preventivas para o combate à dengue. O material traz 21 posts que alertam sobre a importância do envolvimento de todos na luta contra a dengue, e está disponível nas mídias sociais da Sesa. “É preciso que a população fique atenta às medidas preventivas de combate ao mosquito. A responsabilidade de acabar com os criadouros e focos do transmissor da dengue, chikungunya e zika é de todos”, afirmou Ivana Belmonte, da Divisão de Vigilância Ambiental da Secretaria da Saúde.

 

Previous ArticleNext Article