Sarampo: número de casos confirmados no Paraná chega a 944

Redação

Vacina contra sarampo estará disponível no Paraná até 30 de outubro

Mais dez casos de sarampo foram confirmados no Paraná desde o último boletim, no dia 26 de março. Oito deles são de pacientes residentes em Curitiba, um de Pinhais e outro em Piraquara.

No total, desde o início do monitoramento de casos em agosto de 2019, somam 944 casos confirmados no Estado.

Dos novos confirmados no boletim atualizado, oito estão na faixa de idade com maior incidência do sarampo: os jovens com idade entre 20 e 29 anos. Dois tem idade entre 10 e 19 e um entre 30 e 39 anos.

Veja abaixo o número de casos notificados de Sarampo desde agosto de 2019 no Paraná!

  • casos notificados: 3391
  • casos confirmados: 944
  • casos em investigação: 1941
  • casos descartados: 506

O vírus do sarampo alcançou 45 cidades paranaenses. Curitiba e outros 19 municípios, que integram a 2ª Regional de Saúde, somam 855 pacientes com sarampo, o que representa 90,6% do total.

Os demais casos estão distribuídos por todas as regiões do Estado (confira a lista de cidades aqui).

VACINAÇÃO

As doses das vacinas contra o sarampo estão disponíveis nas UBS (Unidades Básicas de Saúde). As pessoas entre seis meses de vida e 59 anos devem ser vacinadas.

Já as crianças que têm entre seis meses e 11 meses e 29 dias recebem a dose zero. E a população com idade entre um a 29 anos deve receber duas doses da vacina tríplice viral e de 30 a 59 anos, uma dose.

“Com a pandemia da Covid-19, a indicação é buscar informações nos municípios para saber o melhor horário e local para se vacinar com segurança. Mas a vacinação é importante neste momento de crise, de muita sensibilidade e preocupação de toda a população”, afirmou Beto Pedro, secretário de Saúde do Paraná.

O QUE É O SARAMPO E QUAIS SÃO OS SINTOMAS?

Conforme a Sesa, o sarampo é uma doença infecciosa, altamente contagiosa e pode ser contraída por pessoas de qualquer idade. Transmitido por meio da fala, tosse, espirro e respiração, o sarampo pode levar a complicações como meningite e pneumonia.

De acordo com as autoridades da saúde, os sintomas mais comuns incluem febre alta e tosse. Além disso, o sarampo se manifesta por meio de coriza, conjuntivite e manchas avermelhadas na pele (que aparecem primeiro no rosto e atrás da orelha e depois se espalham pelo corpo).

Outros sintomas possíveis são cefaleia (dor de cabeça), indisposição e diarreia também podem ocorrer.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="691894" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]