CCJ avalia projeto para instalação de câmeras em transporte por aplicativo

Fernando Garcel


A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara de Curitiba vai analisar a proposta sobre instalação de câmeras de monitoramento em tempo real e botão de pânico em todos os veículos cadastrados no serviço de transporte de passageiros por aplicativo, entre eles o Uber, 99 e Cabify.

Polícia prende dupla que confessa envolvimento em morte de motorista da Uber
Polícia prende três suspeitos de planejar latrocínio de motorista do Uber

De acordo com o autor do texto, vereador Rogério Campos (PSC), a ideia é proporcionar mais segurança aos motoristas e usuários. Ele explica que há um aumento no número de casos de assaltos e até mesmo de homicídios contra os condutos de veículos.

Segundo o projeto, a instalação da câmera deverá ser responsabilidade do proprietário do veículo e o aplicativo responsável pelo armazenamento e monitoramento das imagens.

“Hoje quando se pede um veículo por aplicativo o usuário tem acesso a placa do veículo, modelo do veículo, nome do motorista entre outras beneficies que permitem uma sensação de segurança ao usuário que por outro lado com a instalação da câmera estaria de fato seguro. Pois temos vários relatos de até mesmo tentativa de estupro que poderiam serem comprovadas ou não através das imagens […] Em outro caso, o video gravou a passageira falando que acusaria o condutor de estupro após ele solicitar que ela descesse do veículo, uma situação que poderia ser comprovado devido as imagens”, justifica o autor.

Previous ArticleNext Article