Celulares irregulares serão bloqueados no Paraná a partir de sábado

Fernando Garcel


Todos os celulares “piratas”, ilegais, clonados, adulterados ou roubados serão bloqueados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) no Paraná e em outros nove estados, a partir do próximo sábado (8).

Segundo a Anatel, o objetivo é coibir a comercialização de aparelhos irregulares no país. Desde setembro, o usuário que ativa um celular irregular em redes de prestadoras móveis recebe em até 24 horas a mensagem “Operadora avisa: Pela Lei 9.472 este celular está irregular e não funcionará nas redes celulares em 75 dias”. Alerta similar é encaminhada 50 dias e 25 dias antes do bloqueio. E, na véspera do bloqueio, o celular recebe a mensagem: “Operadora avisa: Este celular IMEI XXXXXXXXXXXXXXX é irregular e deixará de funcionar nas redes celulares”. O IMEI é um código composto por 15 números utilizado internacionalmente que permite identificar a marca e modelo do aparelho. Todas as mensagens são enviadas pelo número 2828.

Após receber a mensagem, o usuário pode procurar a empresa ou pessoa que vendeu o aparelho e buscar seus direitos como consumidor.

No Distrito Federal e no estado de Goiás, onde o bloqueio está implantado desde maio deste ano, já foram excluídos das redes das prestadoras móveis 103 mil celulares irregulares. Agora, os bloqueios acontecem nos estados do Acre, Espírito Santo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, Tocantins e Paraná.

A terceira etapa de bloqueio de celulares irregulares acontece em março do próximo ano, nos estados da Região Nordeste e demais estados da Região Norte e Sudeste. Os avisos serão enviados a partir de 7 de janeiro de 2019.

Previous ArticleNext Article