Chuvas interditam ponte com risco de desabamento em Curitiba

As fortes chuvas deste sábado (15) fizeram a Prefeitura de Curitiba interditar uma ponte com risco de desabamento no bai..

Redação - 16 de janeiro de 2022, 09:00

Chuvas causaram transtornos em todas as regiões de Curitiba, como no bairro Portão (Foto: Pedro Melo/Paraná Portal)
Chuvas causaram transtornos em todas as regiões de Curitiba, como no bairro Portão (Foto: Pedro Melo/Paraná Portal)

As fortes chuvas deste sábado (15) fizeram a Prefeitura de Curitiba interditar uma ponte com risco de desabamento no bairro Cajuru, na zona leste da capital.

Devido à erosão, a ponte da Rua Etiópia, na altura do número 181, foi isolada pela Cosedi (Coordenadoria de Segurança de Edificações e Imóveis).

A Defesa Civil atendeu pelo menos 25 pedidos de socorro relacionados ao temporal que causou inundações e alagamentos em todas as regiões da capital.

De acordo com o boletim atualizado às 23h30, não havia registros de feridos ou desabrigados. Foram 21 solicitações relacionadas a árvores ou galhos caídos e três entregas de lonas para casas destelhadas pela chuva com granizo.

Segundo a Defesa Civil, as rajadas de vento chegaram a quase 40 quilômetros por hora.

Conforme o Cemaden (Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais), em cerca de duas horas, choveu 62 milímetros. O volume é equivalente a 35% da média histórica do mês de janeiro.

As fortes chuvas, em forma de temporais, causaram alagamentos em várias regiões de Curitiba. Entre os bairros mais afetados estão: Alto da XV, Boqueirão, Cabral, Rebouças, Prado Velho, Fanny, Guaíra, Lindoia e Parolin.

Na região sul, a mais populosa de Curitiba, a Defesa Civil distribuiu lonas no Sítio Cercado e no Capão Raso. Na região norte, houve problemas relacionados à chuva nos bairros Cachoeira e Pilarzinho.

A Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil segue monitorando eventuais problemas relacionados ao temporal. O serviço pode ser contatado pela população por telefone, por meio da Central 156, ou pelo app Curitiba 156.