Curitibanos passam horas na fila para fazer o RG

Metro Jornal Curitiba

Primeiro dia de Mutirão foi marcado por fila que virou o quarteirão em busca de senhas para atendimento no Instituto de Identificação.

Sem conseguir acessar o serviço pela internet, os curitibanos penaram ontem (22) em uma longa fila para conseguir emitir a carteira de identidade no Mutirão da Rua da Cidadania da Fazendinha.

Alguns trouxeram colchões e cobertores e passaram a noite no local, outros chegaram à 1h da manhã, mas nem todos foram atendidos, já que foram distribuídas 410 senhas para o serviço.

Hoje (23), serão distribuídas mais 400 senhas e, no sábado (24), serão mais 300 senhas.

O governo vem prometendo desde o ano passado, resolver o problema crônico na emissão do RG, mas por enquanto nenhum novo posto foi aberto.

Ontem, quem estava na fila reclamava que é impossível obter o atendimento pela internet – visto que as vagas são limitadas e abrem apenas em um determinado horário,
sobrecarregando o sistema.

Há queixas também de pessoas que perderam oportunidades de emprego por não conseguirem apresentar o documento.

Novos postos

No ano passado governo e prefeitura assinaram um convênio prometendo abrir postos em todas as Ruas da Cidadania. Os primeiros deveriam estar prontos no aniversário da cidade, no final deste mês. O mais adiantado, no entanto, é do Cajuru, que só deve começar a atender em abril.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="512020" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]