Cidades Destaque 1
Compartilhar

Hospital Evangélico é leiloado por R$ 215 milhões

O consórcio MACK-HE Dourados (união entre o Instituto Presbiteriano Mackenzie e a Associação Beneficiente Dourandense) a..

Lorena Pelanda - 28 de setembro de 2018, 07:09

O secretário de Estado da Saúde, Michele Caputo Neto, participou na manhã deste domingo (24) do abraço simbólico no Hospital Evangélico, que reuniu cerca de 500 pessoas. Foto: Divulgação
O secretário de Estado da Saúde, Michele Caputo Neto, participou na manhã deste domingo (24) do abraço simbólico no Hospital Evangélico, que reuniu cerca de 500 pessoas. Foto: Divulgação

O consórcio MACK-HE Dourados (união entre o Instituto Presbiteriano Mackenzie e a Associação Beneficiente Dourandense) arrematou o leilão do Hospital Evangélico de Curitiba e da Universidade Evangélica por R$215 milhões e 50 mil na manhã desta sexta-feira (28).  A Universidade Brasil, que tem sede em São Paulo, também participou do pregão.

ANÚNCIO

O lance inicial era de cerca de 206 milhões de reais.

O primeiro pregão, realizado em agosto deste ano, precisou ser desfeito pela Justiça do Trabalho depois que o vencedor não efetuou o depósito do sinal.

O consórcio R+, que venceu o último procedimento e não efetuou o pagamento, por previsão legal, está afastado de participar deste novo leilão.

ANÚNCIO

A instituição está sob intervenção judicial há quase quatro anos e as dívidas somam mais de R$ 300 milhões.

Segundo o edital, quem arrematar o hospital e a faculdade não responderá por nenhuma dívida anterior e apenas continuará com os contratos de trabalho vigentes. O hospital e a faculdade não serão leiloados separadamente.

Essa é a segunda tentativa de leilão do Evangélico. No último dia 17 de agosto, o Consórcio “R Mais” concorreu com outras duas empresas e arrematou o certame. Mas, cinco dias depois, a Justiça do Trabalho decretou a anulação do leilão em função do não pagamento do sinal de 20% por parte do vencedor. Com isso, a nova data foi marcada.

Hospital referência:

O Hospital Evangélico atende de 25 mil a 30 mil pacientes por mês, uma média superior a mil atendimentos diários.

A instituição é referência em procedimentos de alta complexidade como tratamento de queimaduras, cirurgias bariátricas, plásticas, além de transplantes de órgãos.