Robô criado em Curitiba vai disputar final mundial de competição nos Estados Unidos

Lorena Pelanda


O Adam Robô, criado pela startup curitibana Prevention, vai disputar a final do mundial da Microsoft Imagine Cup 2018, considerado a maior competição de inovação do mundo. O grupo nasceu no Vale do Pinhão e é o único brasileiro entre os 34 finalistas no concurso.

O equipamento usa inteligência artificial e identifica, no máximo em cinco minutos, problemas oftalmológicos como miopia, hipermetropia, astigmatismo, presbiopia (vista cansada).

A tecnologia começou a ser desenvolvida no ano passado. Segundo a coordenadora do projeto, Cris Alessi, o robô começou a ser criado em um espaço da Prefeitura. “A Microsoft realiza a competição anualmente. A coisa mais legal é que a Prevention começou o projeto dentro do coworking público, movimento de Curitiba que busca ser mais inteligente e, principalmente, mais empreendedor”, afirma.

A população pode ajudar a iniciativa a vencer a premiação. Basta votar, até uma da tarde de quarta-feira (25) pelo Twitter, usando as hashtags #ImagineCup e #Adam.

Foto: Levy Ferreira/SMCS

O grande campeão da competição da Microsoft será premiado com mais de US$ 100 mil em prêmios, somando dinheiro, viagens e subsídio para desenvolvimento do projeto, além da mentoria de consultores da Microsoft.

Previous ArticleNext Article
Coordenadora de jornalismo da rádio BandNews FM Curitiba
[post_explorer post_id="538812" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]