Claudia Silvano faz ponta em vídeo do Tesão Piá e aproveita para divulgar serviço

Narley Resende


A especialista em direito do consumidor, diretora do Procon Paraná, Cláudia Silvano, fez uma ponta na peça mais recente do grupo Tesão Piá, divulgada na noite dessa terça-feira (1º), que satiriza o comportamento e costumes dos curitibanos em vídeos na internet e no teatro. Mais uma vez, Cláudia aproveitou espaço para divulgar no vídeo sobre o inverno de Curitiba a plataforma www.consumidor.gov.br, que recebe reclamações de consumidores e ajuda os procons de todo o país a compilarem dados.

Além da presença constante no noticiário com orientações aos consumidores, Claudia Silvano, que também é colunista da rádio BandNews FM Curitiba, foi destaque na mídia no último mês, após internautas a criticarem pelas roupas despojadas que costuma usar. Ela participou de um programa de TV e críticos disseram que ela estava de “pijamas”.

Cláudia respondeu com educação, gravou um vídeo em que aproveitou para divulgar o trabalho do Procon, e recebeu uma onda de apoio.

Após o episódio de julho, Cláudia foi convidada para uma participação especial no vídeo “Clima de Curitiba”, produzido pelo grupo Tesão Piá. Mais uma vez ela destacou serviços relacionados ao seu trabalho.

Mídia gratuita 

Claudia conta que sua participação foi voluntária e não houve verba publicitária para a divulgação do serviço. “Pra mim o dinheiro público é sagrado”, pontua.

“O grupo me mandou uma mensagem no Facebook e me convidou pra participar. Foi muito legal. Só pedi uma coisa: tem que ter alguma coisa relacionada ao meu trabalho. E pensamos em uma maneira de vincular isso”, relata.

Sobre o “pijama”, Claudia afirma que não acha isso importante, mas aproveitou o destaque. “Pensei: tenho que aproveitar isso aí. A gente usa como mote e tal, mas a minha roupa não é importante”.

Após especulações de que poderia aproveitar sua popularidade para se engajar em uma carreira política, Claudia rebate. “Não (vou me candidatar a cargo eletivo). Sou uma servidora. Cada um tem que saber o que cabe na sua vida”.

Assista ao vídeo até o fim para ver as orientações da coordenadora do Procon:

Previous ArticleNext Article