Com ajuda de cão farejador, quase 1,3 tonelada de cocaína é apreendida no Porto de Paranaguá

Angelo Sfair

cocaína, apreendida, porto de paranaguá, paraná, receita federal, polícia federal, cão farejador, pastor belga malinois

Em operação conjunta no terminal de contêineres do Porto de Paranaguá, no litoral do Paraná, equipes da Polícia Federal e da Receita Federal apreenderam quase 1,3 tonelada (1.295 kg) de cocaína. A droga foi encontrada no início da tarde desta sexta-feira (11) com apoio de um cão farejador.

De acordo com a Receita Federal, a carga apreendida no Paraná tinha como destino Roterdã. Este terminal na Holanda é um dos principais pontos de entrada de cocaína na Europa.

Ainda de acordo com as autoridades federais, a cocaína estava escondida em meio a uma carga lícita de açúcar. Conforme a Receita Federal, parte da droga era transportada solta, em forma de pó, porque ainda não havia sido prensada. O entorpecente foi encontrado por um cão farejador da raça pastor belga malinois.

Esta foi a 20ª apreensão de cocaína no Porto de Paranaguá em 2019. Com a carga encontrada hoje, o total de cocaína apreendida desde o início do ano chega a cerca de 13 toneladas (12.689 kg).

cocaína, apreendida, porto de paranaguá, paraná, receita federal, polícia federal, cão farejador, pastor belga malinois 2
Divulgação/Receita Federal

Previous ArticleNext Article