Com 76 multas por excesso de velocidade, veículo é guinchado

Redação

carro é guinchado, multas, excesso de velocidade, curitiba

Um veículo com mais de R$ 167 mil em dívidas foi guinchado no fim da tarde desta segunda-feira (20) por guardas municipais e agentes de trânsito, no bairro Mercês. O carro (um Jeep Cherokee) estava sem licenciamento, devendo 151 mil em multas de trânsito e mais 15 mil em IPVA.

O proprietário estava registrado em nome de pessoa jurídica, mas acumulou diversas multas por não fazer a identificação obrigatória junto ao Detran. Em quatro anos, foram registradas 76 multas por dirigir em alta velocidade, além de infrações por avançar o sinal vermelho, dirigir usando o celular, estacionar em local ou horário proibido e fazer ultrapassagem pela contramão.

Na mesma tarde, outros dois veículos abordados para fiscalização foram guinchados no bairro Prado Velho. Uma Honda CG sem licenciamento e com R$ 4 mil em dívidas estava sendo dirigida por um motociclista com a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) cassada. O outro carro, um Renault Clio que estava estacionado em um ponto de táxi no Centro, registrava R$ 14,2 mil em dívidas.

“Infelizmente, casos de abuso no trânsito, comprometendo a segurança, continuam sendo registrados. Um dos compromissos de Curitiba com o Programa Vida no Trânsito, da ONU, é reduzir o número de acidentes fatais, atuando em três frentes: educação, engenharia (melhorias para a segurança viária) e fiscalização”, explica o secretário municipal de Defesa Social e Trânsito, Guilherme Rangel.

Os três veículos foram levados até o pátio da Superintendência de Trânsito, no Portão. Para a retirada, o proprietário deve fazer o pagamento dos débitos devidos, da remoção e das diárias no pátio, conforme informações disponíveis no site da Setran.

Caso não seja retirado pelo proprietário no prazo de 60 dias, previsto pela legislação, o carro poderá ir a leilão.

OUTROS CASOS ENVOLVENDO MÁ CONSERVAÇÃO

Mais cinco veículos em mau estado de conservação, comprometendo a segurança viária, foram guinchados na segunda-feira (20), nos bairros Água Verde, Portão e Vila Izabel. Foram quatro Kombis e um Ford Pampa. Dos cinco, quatro não tinham CNH.

Leia também: MPPR impede corte de 231 araucárias em área rural de Cascavel

Previous ArticleNext Article