Com uso da biometria na Arena, cinco foragidos foram presos na final da Copa Sul-Americana

CBN Curitiba

Cinco pessoas foram presas na final da Copa Sul-Americana nesta quarta-feira(12), entre Athletico e Junior Barranquila. De acordo com a Delegacia Móvel de Futebol e Eventos (Demafe), essas pessoas tinham mandados de prisão em aberto e foram presas com o auxílio da biometria, sistema utilizado no estádio rubro-negro desde setembro de 2017..

Durante a partida, foram assinados ainda três termos circunstanciados, sendo um por uso de drogas e dois por crime contra a marca Atlético.

Esta não foi a primeira vez que torcedores foram presos na Arena, devido à biometria. Em maio deste ano, quatro foragidos da justiça foram detidos no jogo entre o Athletico Paranaense e o Atlético Mineiro.

O sistema biométrico da Arena é o resultado de um convênio entre o Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR) a Celepar, o Detran-PR, a Secretaria de Segurança Pública do Paraná e o Athlético.


Post anteriorPróximo post
Comentários de Facebook