Começa a instalação de cabos de aço na Ponte da Integração, em Foz do Iguaçu

Redação

Colocação de cabos de aço na ponte da Integração

Começou nesta a semana a colocação dos primeiros cabos de aço que vão sustentar a Ponte da Integração, sobre o Rio Paraná, ligando Foz do Iguaçu a Presidente Franco, no Paraguai.
A nova ponte, a segunda sobre o Rio Paraná na região (a outra é a Ponte da Amizade, ligando Foz a Ciudad del Este), é do tipo estaiada. As informações foram divulgadas pela Rádio Nacional do Paraguai.

Essa parte da obra, iniciada na margem esquerda do rio Paraná, é feita após a instalação de 18 tubos de montagem (tanto do lado paraguaio quanto brasileiro) que permitem o lastro dos tensionadores até a caixa de equilíbrio. Os tensores (cabos) são colocados através de macacos especiais, que garantem a tensão necessária e o alongamento necessário.

A obra já está mais de 60% pronta. Até o momento, já foram utilizados cerca de 23 mil metros cúbicos de concreto, o equivalente a 55,2 mil toneladas; e cerca de 18.460 toneladas de aço.

A Ponte de Integração terá 760 metros de extensão, com colunas principais de 174 metros de altura e vão central (espaço entre os dois pilares por onde passa o canal de navegação do rio) com 470 metros de largura e mais de 60 metros de altura. O investimento para a obra é de 84 milhões de dólares e está a cargo da Itaipu Binacional.

 

PONTE DA INTEGRAÇÃO: COMO SERÁ?

A Ponte da Integração terá 760 metros de comprimento e vão-livre de 470 metros. Serão duas pistas simples com 3,6 metros de largura, acostamento de 3 metros e calçada de 1,70 metro nas laterais.

A estrutura será maior que a Ponte Internacional da Amizade, hoje única ligação do Brasil com o Paraguai sobre o Rio Paraná, e está localizada próxima à confluência com o Rio Iguaçu, no Marco das Três Fronteiras.

A nova ponte e a perimetral permitirão que veículos pesados provenientes do Paraguai e da Argentina deixem de transitar pelo centro de Foz do Iguaçu.

A Ponte da Amizade ficará restrita a veículos de passeio, ônibus e vans de turismo, além de veículos de entrega rápida. A Ponte da Integração permitirá também a passagem de veículos leves e de turistas.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="782945" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]