Comerciantes estão preocupados com arrombamentos em bairro nobre de Curitiba

William Bittar - CBN Curitiba e Redação

comércio juvevê curitiba

O motivo para o fechamento de uma famosa loja de roupas infantis no bairro Juvevê, em Curitiba, chamou a atenção de clientes e comerciantes da região. Em novembro de 2019, foram três assaltos em menos de uma semana, com um prejuízo grande para a loja.

A gerência da loja preferiu não gravar entrevista, mas afirmou que os furtos aconteceram sempre da mesma forma. Os suspeitos quebravam as vitrines e levavam os produtos antes da chegada de uma equipe de segurança, deixando um grande prejuízo financeiro.

O comerciante Alexander Leo, que trabalha em uma revistaria na região, conta que o bairro não costuma ter crimes mais graves, mas os arrombamentos são constantes.

“É raro ter homicídio, mas o que tem ocorrido muito é furto e arrombamento. Fizeram isso nessa semana em dois restaurantes, com algum objetivo e furtaram as coisas que tinham ali. Não tem porta metálica que iniba”, avalia.

O comerciante também fala que os bandidos costumam procurar por lugares de fácil acesso, inclusive, falou do arrombamento de dois restaurantes nesta semana. A fachada dos restaurantes era igual a da loja infantil, com portas de vidro.

“Chega um sujeito com uma pedra ou tijolo e quebra aquela vitrine, sai correndo. É um crime difícil de ser elucidado se não tiver uma câmera que pegue o sujeito”, completa.

PM ALEGA QUE FAZ POLICIAMENTO PREVENTIVO

Em nota, a Polícia Militar do Paraná afirmou que é feito o policiamento preventivo em todas as regiões da cidade, inclusive, onde aconteceram os furtos à loja infantil.

Além disso, ressaltou que existe um reforço de patrulhamento nos locais onde há mais necessidade e maior número de criminalidade.

Por fim, a corporação disse que é importante a contribuição da população com denúncias e repassando informações sobre as características de pessoas suspeitas de cometerem esses crimes, a fim de que uma equipe policial possa fazer a abordagem o mais rápido possível.

Previous ArticleNext Article