Comércios de Curitiba podem vender pela internet e têm alvarás renovados

Jorge de Sousa

Comércios de Curitiba podem vender pela internet e têm alvarás renovados

Para tentar amenizar as perdas sofridas pelas medidas restritivas adotadas pelo Governo do Paraná, a Prefeitura de Curitiba irá permitir que os comércios prestem seus serviços por vendas na internet, correio e televendas.

O Decreto Municipal 907 foi sancionado nesta sexta-feira (10)pelo prefeito de Curitiba, Rafael Greca, e também prorrogou automaticamente a validade dos Alvarás de Licença de Funcionamento com vencimento durante a pandemia.

Os comércios que quiserem retomar os serviços irão precisar seguir os protocolos de segurança dispostos pela Secretaria Municipal da Saúde.

Desde o dia 30 de junho, a Secretaria de Estado da Saúde estabeleceu o decreto 4942/20 que obriga 134 municípios do Paraná a seguirem medidas restritivas no combate ao coronavírus.

O decreto reforça que apenas serviços considerados essenciais devem continuar em funcionamento para diminuir a circulação de pessoas em todo Paraná.

Algumas dessas medidas adotadas são a suspensão de serviços não essenciais como shoppings, comércios, academias e centros de estética, além do fechamento aos domingos de supermercados e padarias.

Entre esses 134 municípios está inclusa a cidade de Curitiba, sendo que o decreto tem validade até o dia 14 de julho e o Governo do Paraná ainda não informou se irá renovar essa publicação.

Previous ArticleNext Article