Covid-19: complexo gastronômico de Curitiba registra aglomeração durante show ao vivo

Mirian Villa

sal mercado sal aglomeração covid-19

Neste domingo (8), um complexo gastronômico de Curitiba registrou aglomeração durante um show ao vivo, descumprindo medidas de prevenção a Covid-19. No vídeo (veja abaixo), é possível ver diversas pessoas sem máscaras de proteção e aglomeração de pequenos grupos.

Além disso, o local descumpriu, pelo menos, três medidas determinadas pela Abrabar (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes). Em nota, o Mercado Sal disse que os clientes foram orientados a ficarem em suas mesas e após o descumprimento, o show foi finalizado.

No último balanço divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde no sábado (6), Curitiba registrava 1.290 casos de coronavírus e 58 óbitos desde o início da pandemia.

COMPLEXO GASTRONÔMICO DE CURITIBA PROMETE TOMAR MEDIDAS MAIS RÍGIDAS APÓS AGLOMERAÇÃO

Depois de alguns seguidores pedirem um posicionamento, o complexo gastronômico afirmou para uma seguidora que achou que o público iria se comportar melhor. “Vamos rever todo procedimento, não vai acontecer novamente. Orientamos o pessoal, mas as pessoas não tem noção mesmo.”

Em seguida, o local apagou o posicionamento por comentário e fez uma publicação aos clientes e colaboradores. “Reconhecemos nossos erros no show que tivemos na parte interna no dia de hoje. Iremos reforçar o procedimento na operação para a segurança do recinto e o distanciamento social correto, além do uso obrigatório de máscaras e demais procedimentos atendendo a legislação vigente.”

Após o pedido de desculpa, a publicação foi apagada novamente. Na manhã desta segunda-feira (8), um posicionamento da empresa estava junto aos comentários de seguidores pedindo uma explicação, veja abaixo!

Reprodução/Instagram

Porém, neste final de semana, não foi apenas o Mercado Sal que registrou aglomerações em Curitiba. Bares do Largo da Ordem, por exemplo, não respeitaram o distanciamento mínimo exigido para a reabertura do comércio. Veja abaixo!

Em nota, a Prefeitura de Curitiba afirmou que fiscalizações foram realizadas nos dias 5 e 6 de junho, totalizando em 11 notificações por desrespeito à inadequação de alvará e aglomerações.

“Os fiscais também aplicaram ações de embargo em 26 estabelecimentos que acabaram tendo as atividades encerradas no ato da fiscalização. Com relação ao Mercado Sal, fiscalizações serão programadas.”

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="702846" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]