Paraná registra aumento de 752% nas confirmações de coronavírus

Vinicius Cordeiro

Paraná teve o maior crescimento da Covid-19 entre os estados da região Sul.

Os casos confirmados de coronavírus no Paraná aumentaram 752% nos últimos 15 dias. No dia 20 de março, existiam 36 confirmações de Covid-19, mas o número chegou à 307 nesta sexta-feira (3).

O número representa o maior aumento entre os estados da região Sul do Brasil. O Rio Grande do Sul teve crescimento de 687% (passou de 49 para 386, enquanto Santa Catarina teve alta de 652% (passou de 40 para 301). Os dados são das Secretarias estaduais de Saúde.

Ou seja, mesmo com um número menor de casos em relação ao Rio Grande, o Paraná foi quem teve o maior crescimento da doença.

Loading…

CORONAVÍRUS: CASOS POR CIDADE NO PARANÁ

Curitiba, capital do estado, é quem mais soma casos: 144. Londrina, com 30, e Foz do Iguaçu, com 22, fecham o pódio.

Cascavel e Maringá, com 15 casos cada, fecham o top5. Cianorte, com 11 casos, Campo Mourão, com nove casos,

Veja o ranking:

  1. Curitiba – 114.
  2. Londrina – 30.
  3. Foz do Iguaçu – 22.
  4. Cascavel e Maringá – 15.
  5. Cianorte – 11.
  6. Campo Mourão – 9.
  7. São José dos Pinhais e Pinhais – 6.
  8. Campo Largo – 5
  9. Ponta Grossa e Telêmaco Borba – 4
  10. Almirante Tamandaré, Medianeira e Paranavaí – 3.
  11. Paranaguá, Pato Branco, Umuarama, Araucária, Arapongas, Cambé, Guaíra, Marechal Cândido Rondon, União da Vitória e Quatiguá – 2
  12.  Guarapuava, Matinhos, Campina Grande do Sul, Campo Magro, Colombo, Contenta, Fazenda Rio Grande, Lapa, Manditiruba, Piraquara, Quatro Barras, Rio Branco do Sul, Rio Negro, Castro, Palmeira, Mariópolis, Francisco Beltrão, Vere, Araruna, Goioerê , Iretama, Peabiru, Terra Boa, São Manoel do Paraná, Terra Rica, Sarandi, Arapongas, Faxinal, Cornélio Procópio, Leópolis, Ibaiti e Assis Chateaubriand – 1.

MORTES 

Além do crescimento exponencial nas confirmações, o Paraná registrou as cinco primeiras mortes nesses 15 dias, sendo que o último óbito aconteceu ontem (3). Um homem de 37 anos, que estava internado em Londrina desde o dia 26 de março. Ele tinha histórico de viagens para São Paulo e possuía hipertensão, obesidade e pré-diabetes.

Os dois primeiros óbitos pela Covid-19 no Paraná foram registradas em Maringá, na região Norte, no dia 27 de março. Uma das vítimas era um homem de 84 anos, com quadro de hipertensão, e que havia retornado de viagem da Espanha.

A outra morte foi de uma mulher de 54 anos, com quadro de diabetes e hipertensão, que foi infectada dentro do Brasil, apesar da Sesa não confirmar a localidade.

Já a terceira vítima da Covid-19 foi um homem de 66 anos, morador de Cascavel, no oeste do Paraná. Ele morreu na última segunda-feira (30), cinco dias depois de ser hospitalizado e um dia após o resultado do exames indicar a presença do novo vírus. Conforme a Sesa, ele viajou para os Emirados Árabes Unidos e retornou para o Brasil no dia 14.

Por fim, a última confirmação de óbito por coronavírus foi um homem de 72 anos, morador de Campo Mourão, na região Centro-Oeste do Paraná. Ele faleceu na terça-feira (31), mas o resultado que confirmou a presença do vírus saiu ontem.

Previous ArticleNext Article