CRM emite alerta máximo sobre momento crítico da covid-19 no Paraná

Redação

crm coronavírus alerta paraná conselho

O CRM-PR (Conselho Regional de Medicina do Paraná) emitiu alerta máximo, na cor vermelha, sobre o momento crítico da pandemia de coronavírus vivida no Estado. De acordo com o conselho, o sistema de Saúde está operando no seu limite com desgastes dos profissionais.

O alerta serve para conscientizar ainda mais as pessoas de não correrem riscos desnecessários. Ou seja, é um reforço das medidas recomendadas de combate à covid-19, como uso de máscara, distanciamento social e higiene das mãos com álcool gel ou água e sabão.

“O CRM-PR alerta para a capacidade operacional máxima do sistema de saúde. Os profissionais de saúde estão em seus limites físicos e emocionais. Afastamentos decorrentes da Covid-19 são necessários aos que adoecem nas equipes. As próximas semanas serão críticas e a prevenção é o melhor caminho. Cuidem-se e evitem exposições desnecessárias”, diz o alerta.

‼‼‼

Publicado por Conselho Regional de Medicina do Paraná em Terça-feira, 1 de dezembro de 2020

 

CRM FAZ ALERTA; GOVERNO DO PARANÁ PUBLICARÁ NOVO DECRETO

O último boletim do coronavírus divulgado pela Sesa (Secretaria de Estado da Saúde), aponta que o Paraná acumula 6.099 óbitos e 277.424 diagnósticos positivos desde o início da pandemia, em março.

Apenas em novembro, foram 56.156 casos confirmados, número duas vezes maior em relação às confirmações de outubro.

Além disso, o desgaste do sistema de Saúde preocupa a atual administração. A capacidade de atendimento está chegando ao limite apesar da ativação de novos leitos e da suspensão das cirurgias eletivas, que entrou em vigor hoje.

Conforme o painel da transparência da Sesa (Secretaria de Estado da Saúde), 83% das UTIs adultas exclusivas pra covid-19 estão ocupadas. São 1.063 leitos existentes e restam 185 livres.

Para tentar conter o avanço da doença, o governo do Paraná divulgou que vai publicar decreto entre hoje e amanhã (2) com determinação do toque de recolher.

Na região de Curitiba, a região já está crítica. Ontem (30) foram registradas 50 pessoas na fila de espera em leitos de UTI para covid-19.

Previous ArticleNext Article