Construção civil lidera queda no número de vagas de trabalho

Com Metro Jornal MaringáCom 1.324 empregos a menos, a construção civil puxou a queda no número de postos de trabalho em ..

Fernando Garcel - 23 de janeiro de 2017, 13:18

Com Metro Jornal Maringá

Com 1.324 empregos a menos, a construção civil puxou a queda no número de postos de trabalho em Maringá, no noroeste do Paraná, em 2016.

No ano passado a cidade perdeu 3.411 empregos formais, conforme dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged)  do Ministério do Trabalho e Emprego. O número representa alta de 4,1% em relação à 2015, quando o saldo entre contratações e demissões foi negativo em 3.274.

Além da construção civil, as maiores perdas se concentraram no comércio e na indústria de transformação. O primeiro setor fechou o ano com 978 empregos a menos, enquanto o segundo perdeu 820 postos de trabalho. “Em dois anos as empresas da cidade fecharam quase sete mil postos de trabalho. Isto é fruto da redução do consumo e do alto endividamento das famílias”, avaliou Michel Felippe, primeiro vice-presidente da Associação Comercial e Empresarial de Maringá (Acim).

Os setores que não apresentaram queda em 2016 foram a administração pública (55), serviço industrial de utilidade pública (19) e extrativismo mineral (14).