Copel é autorizada a importar energia da Argentina e Uruguai

Vinicius Cordeiro

Copel

A Companhia Paranaense de Energia (Copel) vai passar a importar energia da Argentina e Uruguai. A autorização do Ministério de Minas e Energia foi dada nesta quinta-feira (27) e é válida até o dia 31 de dezembro de 2022.

A medida vai contribuir com o Sistema Interligado Nacional (SIN) em um momento de escassez hídrica. O SIN liga os seguintes subsistemas: Sul, Sudeste/Centro-Oeste, Nordeste e a maior parte da região Norte. Ou seja, a Copel vai beneficiar a maior parte do Brasil.

A energia trazida dos hermanos será pelas estações por meio das estações conversoras de frequência de Garabi I e II, com até 2.200 megawatts de potência, e da conversora de frequência de Uruguaiana, com até 50 megawatts de potência.

Já a importação dos uruguaios ocorrerá pela estação conversora de frequência de Rivera, com até 70 megawatts de potência e energia, e da estação conversora de Melo, com até 500 megawatts.

 

Previous ArticleNext Article