Coronavírus: Curitiba passa dos 7,5 mil casos e chega aos 195 óbitos

Jorge de Sousa

Covid-19: Curitiba tem 24 mil casos totais, mas ativos caem para 4,3 mil

Curitiba demorou 117 dias desde o início da pandemia do novo coronavírus para chegar a marca de 7.530 casos confirmados e 195 óbitos, segundo boletim divulgado pela Secretaria Municipal da Saúde nesta segunda-feira (6).

Somente nas últimas 24 horas foram confirmados novos 695 casos e seis óbitos pela doença.

Os últimos óbitos foram registrados em pessoas com idades entre 61 e 88 anos e que tinham doenças crônicas como fator de risco junto da idade.

Os hospitais públicos e particulares de Curitiba recebem até esta segunda-feira 546 pacientes com diagnóstico positivo para a doença, sendo 195 em leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

Outras 698 ainda aguardam o resultado dos exames para a presença da doença, enquanto 3.298 indivíduos estão com o coronavírus ativo, ou seja, seguem transmitindo o vírus.

A secretária municipal da Saúde, Márcia Huçulak, reclamou das críticas enviadas para a Prefeitura de Curitiba – em especial de alguns setores empresariais.

“Mas é muito chato, é muito deprimente. Não sei dizer desse momento, perdemos a esperança na humanidade. As pessoas exigem aquilo que não fazem”, pontuou Huçulak.

A secretária ainda reforçou que Curitiba se encontra sob foco da contaminação do coronavírus no Brasil, assim como as demais capitais da Região Sul.

“O Covid veio do norte para o sul. Quem acompanhou o colapso em Manaus, Belém, no Nordeste emRecife e Natal, passando por São Paulo e Rio de Janeiro sabe que estamos em curva ascendente e não descendente. Temos a vantagem de pegarmos ela em desenvolvimento pela expertise e tempo para prepararmos a estrutura”, finalizou.

Previous ArticleNext Article