Coronavírus: Curitiba tem novos 640 casos e passa a marca de 8 mil contaminações

Jorge de Sousa

coronavírus, covid-19, curitiba, bandeira laranja, abre e fecha, decretos, aberto, fechado, serviços essenciais, supermercados, mercados, farmácias, pet shops, padarias, parques, bares, restaurantes

Segundo dados da Secretaria Municipal da Saúde, Curitiba registrou nesta quarta-feira (8) novos 640 casos e chegou a marca de 8.426 contaminações pelo novo coronavírus.

Também foram registrados nas últimas 24 horas, novos dez óbitos, totalizando 216 mortes pela doença desde o dia 11 de março – data do início da pandemia na capital paranaense.

Nove das últimas vítimas fatais tinham mais de 60 anos e apresentavam ao menos uma doença crônica. Mas o outro óbito foi registrado em uma mulher de 29 anos, que tinha histórico de transplante renal.

Com 4.431 pacientes recuperados, Curitiba tem no momento 3.779 pessoas com o coronavírus ativo – tendo assim a possibilidade de transmissão do vírus.

CURITIBA AMPLIA LEITOS DE UTI CONTRA O CORONAVÍRUS

A secretária municipal da Saúde, Márcia Huçulak, confirmou que o Hospital Evangélico irá disponibilizar a partir desta quarta-feira novos dez leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

Dessa forma, Curitiba conta agora com 271 leitos de UTI e outros 327 leitos de enfermaria na Rede SUS (Sistema Único de Saúde).

Dentro desses 271 leitos, 87% dos espaços já estão ocupados para atendimentos a pacientes com diagnóstico confirmado ou no aguardo do resultado para o coronavírus.

A infectologista da Secretaria Municipal da Saúde Marion Burguer também fez um alerta sobre a ausência de estudos que comprovem a eficácia da hidroxicloroquina no combate ao coronavírus.

“Se alguém quiser se automedicar ou tiver algum médico que indique, porque eu não vou indicar (hidroxicloroquina).  Eu e diversos colegas nos baseamos na ciência, que até o momento não comprovou que nenhum medicamento tem eficácia contra essa doença”, pontuou Burguer.

Previous ArticleNext Article