Coronavírus: Curitiba tem primeira morte sem fator de risco abaixo dos 60 anos

Curitiba registrou seu primeiro óbito pelo novo coronavírus (Covid-19) em um paciente com menos de 60 anos e sem apresen..

Jorge de Sousa - 15 de maio de 2020, 17:11

Pixabay
Pixabay

Curitiba registrou seu primeiro óbito pelo novo coronavírus (Covid-19) em um paciente com menos de 60 anos e sem apresentar fator de risco.

A vítima foi um homem de 52 anos, que havia sido internado no último final de semana e registrou piora dos sintomas até vir a óbito nesta sexta-feira (15).

O boletim divulgado pela Secretaria Municipal da Saúde nesta sexta-feira apresentou uma outra morte, essa em um homem de 72 anos e que estava internado desde o início de abril.

Também foram registrados novos 24 casos, deixando Curitiba com 829 ocorrências totais do coronavírus desde o mês de março.

A taxa de recuperação para o coronavírus na capital paranaense está em 72,9%, com 605 pessoas tendo conseguido se descontaminar da doença.

A secretária municipal da Saúde, Márcia Huçulak, reforçou a importância da manutenção das medidas de distanciamento social para controlar os números do coronavírus em Curitiba.

"Não é momento de fazer churrasco, festa e aniversário. Em especial os grupos de risco. Evitem sair ou vão apenas uma pessoa da família fazer suas compras e outras atividades que sejam necessárias", pontuou Huçulak.

A infectologista da Secretaria Municipal da Saúde, Marion Burguer, alertou aos pacientes que sofram de comorbidades como diabetes e cardiopatia para reforçarem o controle dessas doenças.

"O maior número de óbitos pelo coronavírus ocorre dentro desses grupos de risco. Por isso, mantenham os níveis dessas doenças controlados, se mediquem e façam o acompanhamento médico quando necessário", avaliou Burguer.