Coronavírus: idoso de 77 anos é um dos 380 pacientes recuperados em Curitiba

João Mariano dos Santos, de 77 anos, é um dos 380 pacientes recuperados do coronavírus em Curitiba. Ele ficou quase 18 d..

Redação - 30 de abril de 2020, 11:03

Divulgação/Prefeitura de Curitiba
Divulgação/Prefeitura de Curitiba

João Mariano dos Santos, de 77 anos, é um dos 380 pacientes recuperados do coronavírus em Curitiba. Ele ficou quase 18 dias internados em um hospital da Capital, sendo 5 deles na UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

Segundo João, a caminhada até a recuperação foi bastante árdua. “Fiquei muito triste. Essa doença é uma praga, afeta muito a gente”, conta ele, que não sabe como contraiu o novo coronavírus, pois diz ter saído poucas vezes de casa.

PACIENTE NÃO DE ATENÇÃO AOS PRIMEIROS SINTOMAS DO CORONAVÍRUS: 'COISA DE VELHO'

No começo, ele diz que não ter dado atenção aos primeiros sinais, mais leves. “Achei que era coisa de velho”, afirma. Mas, assim que foi ao médico, mesmo sem a confirmação da doença ainda, a orientação foi específica. “A recomendação foi para ficar em casa, não podia sair.”

Com o passar dos dias, porém, os sintomas foram piorando: fraqueza, falta de apetite, perda de olfato e paladar.

Quando a febre chegou e a tosse piorou, seu João passou por uma tomografia, cujo resultado indicava forte suspeita do coronavírus. Em seguida, ele foi internado e submetido ao exame. A confirmação veio durante o período de internamento.

A filha dele, de 23 anos, lembra que aqueles foram momentos de terror. “Com ele internado, esperamos pelo pior, considerando a idade dele e gravidade da doença”, conta.

Hoje, recuperado, Seu João quer mais é saber de aproveitar o tempo com a família, mas dá um conselho. “Deus é maior e vai libertar o mundo todo. Mas não pode abusar. Tem que ficar em casa, não pode sair”,  diz.