Coronavírus: Paraná atinge recorde com 136 casos e sete mortes em 24 horas

Jorge de Sousa

Coronavírus: Curitiba registra novo óbito e 25 casos confirmados

Pelo segundo dia seguido, o Paraná quebrou sua marca diária de maior número de casos do novo coronavírus (Covid-19), tendo registrado também o maior número de mortes em 24 horas no boletim divulgado pela Sesa (Secretaria de Estado da Saúde) nesta quarta-feira (20).

Foram registrados novos 136 casos e sete mortes nesse período, superando o recorde anterior de 120 ocorrências (vistos no dia 19 de maio) e cinco óbitos (notados em outros oito levantamentos).

Com esses números, o Paraná chegou a marca de 2.616 contaminações e 137 óbitos pelo coronavírus desde 12 de março, data do primeiro caso da Covid-19 no estado.

Os últimos óbitos foram registrados em três mulheres e quatro homens. As vítimas do sexo feminino faleceram nos municípios de Tamarana (38 anos), Apucarana (60 anos) e Londrina (80 anos), enquanto as mortes entre o gênero masculino foram em Sarandi (47 anos), Paraíso do Norte (69 anos), Francisco Beltrão (72 anos) e Cascavel (86 anos).

Desde o início da pandemia do coronavírus no Paraná, 191 municípios do estado registram ao menos um caso da Covid-19, sendo que 51 cidades já tiveram pelo menos um óbito.

A Sesa reforça que divulga os casos e óbitos somente com as confirmações dos laboratórios e secretariais municipais e regionais de saúde. Portanto, algumas dessas ocorrências foram registradas anteriormente ao período das últimas 24 horas.

CORONAVÍRUS NO PARANÁ

SOBE PARA 179 AS INTERNAÇÕES NO ESTADO

O número de pacientes internados pelo coronavírus no Paraná subiu 6,5% em 24 horas e aponta 179 pessoas internadas pela doença nos hospitais do estado.

Desses pacientes, 101 estão em leitos clínicos e 78 estão em UTIs (Unidades de Terapia Intensiva).

Outro índice que apresentou leve queda foi a média de idade das contaminações, que chegou a marca de 44 anos. A faixa etária dos óbitos também decaiu para 67,8 anos.

Já a taxa de recuperação segue na casa dos 61,5%, com 2.616 pessoas tendo conseguido se descontaminar da Covid-19.

Previous ArticleNext Article