Covid-19: Curitiba segue com lotação máxima nos leitos de enfermaria

A Secretaria Municipal da Saúde confirmou nesta terça-feira (25), que Curitiba completou o segundo dia sem leitos de enf..

Jorge de Sousa - 25 de maio de 2021, 18:05

(Geraldo Bubniak/AGB)
(Geraldo Bubniak/AGB)

Secretaria Municipal da Saúde confirmou nesta terça-feira (25), que Curitiba completou o segundo dia sem leitos de enfermaria disponíveis para atendimentos de casos leves e moderados da Covid-19.

Atualmente são disponibilizados 726 leitos de enfermarias na Rede SUS em Curitiba e a ocupação está em 101%, indicando colapso nesses atendimentos.

Já os leitos de UTI também apresentam índices altos de lotação. Dos 726 espaços disponíveis, apenas 23 estão livres para o atendimento de casos graves da doença.

Também foi confirmado pela Secretaria Municipal da Saúde, que nas últimas 24 horas foram registrados novos 908 casos e 26 óbitos em decorrência da Covid-19 em Curitiba.

Desde o início da pandemia em março de 2020, 209.587 contaminações e 5.275 óbitos foram registrados na capital paranaense.

As últimas vítimas fatais são 18 homens e oito mulheres, com idades entre 26 e 95 anos, sendo que nove dessas pessoas tinham menos de 60 anos.

O número de casos ativos da Covid-19 registrou leve baixa, passando de 9.966 para 9.878 nas últimas 24 horas. Como comparação, Curitiba iniciou o mês de maio com pouco mais de 6 mil casos ativos.

Dessa forma, a Prefeitura de Curitiba anunciou a prorrogação das medidas restritivas à Covid-19 previstas na bandeira laranja ao menos até sexta-feira (28), quando será analisada a possibilidade do retorno da adoção da bandeira vermelha na capital paranaense.

LEIA MAIS: Campo Mourão proíbe venda de bebidas alcoólicas por 14 dias